Porto Alegre, quinta-feira, 25 de novembro de 2021.
Dia do Doador de Sangue. Feriado nos EUA - Dia de Ação de Graças.
Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 24/11/2021 às 20h12min.

Ciclone extratropical: Defesa Civil de Porto Alegre alerta para chuva intensa e vendaval

A maior preocupação é com chuvas intensas em pousas horas e vento localizado

A maior preocupação é com chuvas intensas em pousas horas e vento localizado


METSUL/DIVULGAÇÃO/JC
Fabrine Bartz
A formação de ciclone extratropical deve causar vendaval nesta quinta (25) e sexta-feira no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, a Defesa Civil emitiu um alerta para a atuação de um sistema de baixa pressão atmosférica que deve provocar chuvas intensas em pouco tempo, com risco de temporais, rajadas de vento e granizo.
A formação de ciclone extratropical deve causar vendaval nesta quinta (25) e sexta-feira no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, a Defesa Civil emitiu um alerta para a atuação de um sistema de baixa pressão atmosférica que deve provocar chuvas intensas em pouco tempo, com risco de temporais, rajadas de vento e granizo.
O Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) também alertou que a situação pode causar instabilidade nos sistemas de abastecimento e drenagem urbana.
Segundo a MetSul Meteorologia, essa área de baixa pressão deve avançar do Centro da Argentina para o Uruguai e o Extremo Sul nesta quinta-feira, formando o ciclone extratropical. Embora não se antecipe uma situação de vendáveis generalizados, rajadas de vento de 50 km/h a 70km/h, sem consequências maiores, devem ser registradas em diversas áreas. No entanto, não se descarta, em alguns pontos, rajadas perto ou acima dos 100km/h.
A meteorologista da MetSul, Estael Sias, explica que uma linha de temporais vai começar pela fronteira Oeste e cruzar o RS. "Pela nossa experiência, quando a instabilidade tem essa configuração, geralmente traz vendavais localizados", ressalta.
Nessas regiões, conforme a meteorologista, o risco de danos como, por exemplo, à rede de energia elétrica, e queda de árvores é maior. "Há riscos de chuva forte com volumes de 30 a 50 milímetros em poucas horas. Riscos de granizo, principalmente em áreas onde a linha passar e muitos raios". Na metade Leste, entre Vale do Rio Pardo, Santa Cruz do Sul e Porto Alegre, o sol aparece nas primeiras horas do dia. Será uma manhã abafada antes da chuva, o que acaba contribuindo para a formação do temporal.
De acordo com Estael, a queda na temperatura irá depender da chegada da chuva. "Se a chuva chegar depois das 15h, por exemplo, haverá uma queda de 6 a 7 graus".
Esta quinta-feira será um dia com máxima de 33°C em Porto Alegre. Na sexta (26), a temperatura não passa dos 26°C.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário