Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de julho de 2019.
Dia do Operador de Telemarketing. Feriado nos EUA - Dia da Independência.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria automotiva

Alterada em 04/07 às 15h55min

McLaren traz dois novos supercarros para o Brasil

Os modelos 720S Spider (azul) e 600LT Spider (verde) custam R$ 3,45 milhões e R$ 3,25 milhões

Os modelos 720S Spider (azul) e 600LT Spider (verde) custam R$ 3,45 milhões e R$ 3,25 milhões


MCLAREN AUTOMOTIVE/DIVULGAÇÃO/JC
O novo 720S Spider é o conversível mais completo da fabricante britânica, combinando a sensação de dirigir ao ar livre com alto desempenho dinâmico. Seu motor V8 biturbo de 4.0 litros entrega 720 cv de potência e 770 Nm de torque, permitindo aceleração de zero a 100 km/h em 2,9 segundos. A velocidade máxima com a capota aberta atinge 325 km/h, subindo para 341 km/h com o teto fechado.
O novo 720S Spider é o conversível mais completo da fabricante britânica, combinando a sensação de dirigir ao ar livre com alto desempenho dinâmico. Seu motor V8 biturbo de 4.0 litros entrega 720 cv de potência e 770 Nm de torque, permitindo aceleração de zero a 100 km/h em 2,9 segundos. A velocidade máxima com a capota aberta atinge 325 km/h, subindo para 341 km/h com o teto fechado.
O também conversível 600LT Spider leva a alcunha de “Longtail” (cauda longa). O modelo se caracteriza pela grande potência, peso reduzido e aerodinâmica otimizada. Sob o capô, um motor V8 biturbo de 3.8 litros rende 600 cv de potência e 620 Nm de torque, viabilizando aceleração de zero a 100 km/h em 2,9 segundos, velocidade máxima de 315 km/h com o teto aberto e de 324 km/h com a capota fechada.
“Nossos mais recentes modelos conversíveis foram lançados com grande aclamação da crítica, no início deste ano, e oferecem uma combinação única de experiência de condução sem limitações", comenta Brett Soso, diretor-geral para Oriente Médio, África e América Latina da McLaren Automotive.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia