Porto Alegre, segunda-feira, 04 de abril de 2016. Atualizado às 22h43.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
32°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6140 3,6160 1,51%
Turismo/SP 3,5800 3,7500 0,53%
Paralelo/SP 3,5800 3,7500 0,53%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

crise política Notícia da edição impressa de 05/04/2016. Alterada em 04/04 às 22h06min

Prédio da presidente Dilma é pichado em Porto Alegre

Marcelo G. Ribeiro/JC
A fachada do prédio da Dilma Rousseff amanheceu pichada foi pintada de maneira grosseira

O prédio onde a presidente Dilma Rousseff (PT) tem apartamento em Porto Alegre foi alvo de pichação na madrugada desta segunda-feira. No muro da fachada do edifício, foi escrita a frase "Quem matou Celso Daniel?". A mensagem é uma referência à Operação Carbono 14, fase mais recente da Operação Lava Jato, que aproximou a investigação sobre os desvios de dinheiro em negócios da Petrobras do caso do assassinato de Celso Daniel ele era prefeito da cidade paulista de Santo André quando foi morto a tiros, em 2002.
Além desta frase, outra foi escrita no muro dos fundos de um supermercado que fica bem em frente ao prédio da presidente Dilma. Esta segunda pichação, com nova provocação, dizia "Fora PT". Na metade da manhã de ontem, a pichação feita no edifício da presidente já tinha sido removida.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Cardozo diz que pedido de impeachment tem erros conceituais básicos
"Quem já atuou na gestão pública sabe disso. Mas é possível que pessoas que não militem nessa área tenham dificuldade de entender", disse Cardozo
Cunha diz que Cardozo falta com a verdade na defesa da presidenta Dilma
"O ministro José Eduardo Cardozo, obviamente, está faltando com a verdade e exercendo de forma indigna essa defesa dele", afirmou Cunha
Para ministro de Minas e Energia, PMDB errou ao antecipar rompimento com governo
O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, afirmou que, à revelia do seu partido, o PMDB, não vai desembarcar do governo
Impeachment sem base na Constituição é golpe de Estado, diz advogado da União

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo