Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de junho de 2017. Atualizado às 22h56.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado de Capitais

Notícia da edição impressa de 30/06/2017. Alterada em 29/06 às 22h44min

Carrefour segue com IPO que poderá movimentar até R$ 7,6 bi

Oferta da companhia deve ser a maior feita no Brasil desde 2013

Oferta da companhia deve ser a maior feita no Brasil desde 2013


/VANDERLEI ALMEIDA/AFP/JC
O Carrefour deu mais um passo para estrear na bolsa e sua abertura de capital poderá chegar a até R$ 7,6 bilhões e poderá ser a maior oferta desde 2013, ano em que o BB Seguridade fez sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Sem contar os lotes extras, a oferta poderá ficar entre R$ 4,45 e
R$ 5,64 bilhões. Ao todo serão ofertadas 205.882.353 ações ordinárias na oferta primária e 91.261.489 ações na secundária, que é aquela em que o grupo francês Carrefour e a Península (fundo da família do empresário Abílio Diniz) venderão parte de seus papéis.
O lote adicional poderá ser colocado ao mercado e é formado por até R$ 59.428.768 ações, ou 20% das ações inicialmente ofertadas. O lote suplementar pode chegar a até 44.571.576 ações, ou 15% do lote principal. A faixa indicativa de preço por ação foi estabelecida entre R$ 15,00 e R$ 19,00.
O IPO do Carrefour chega a despeito da crise política em que o País está imerso e, mesmo assim, vem sendo apontado por fontes do mercado com muito otimismo, visto que nos contatos iniciais com investidores a percepção é de que a demanda será elevada.
O processo de bookbuilding - coleta de intenção de investimentos - já começou, e a precificação da ação está agendada para 18 de julho. A companhia será listada no Novo Mercado, segmento de maior exigência de governança corporativa da B3, sob o código CRFB3.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia