Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 03 de outubro de 2017. Atualizado às 15h21.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

relações internacionais

08/09/2017 - 09h31min. Alterada em 09/09 às 15h04min

Sede da Fraport no Brasil será em Porto Alegre

Executivos da Fraport receberam a comitiva gaúcha liderada por Sartori no aeroporto de Frankfurt

Executivos da Fraport receberam a comitiva gaúcha liderada por Sartori no aeroporto de Frankfurt


LUIZ CHAVES/PALÁCIO PIRATINI/JC
Guilherme Daroit, de Frankfurt
Em regime de adaptação à administração dos aeroportos de Fortaleza e de Porto Alegre, a alemã Fraport desembarcará aos poucos em solo gaúcho. Alguns funcionários e executivos da companhia, que arrematou a concessão do aeroporto por 25 anos (renováveis por mais cinco), já estão chegando ao Salgado Filho para o período de transição da gestão, hoje feita pela Infraero. A CEO para o Brasil, Andrea Pal, chega em outubro, e para ficar, pois a sede brasileira da Fraport será em Porto Alegre.
A escolha, segundo Andrea, se deu por dois fatores: primeiro, porque o Rio Grande do Sul é culturalmente mais próximo do cotidiano alemão, o que provavelmente facilite a adaptação dos executivos a sua nova moradia. Além disso, a CEO acrescenta que o desafio no Salgado Filho é maior, com várias obras exigidas no contrato, e, por isso, exige maior atenção da companhia. “Assim como tudo referente ao Brasil, ainda estamos em período de testes. Vamos ver como funciona logística, se a viagem entre Porto Alegre e Fortaleza não consome todo o tempo do dia”, brinca Andrea, que se muda à capital gaúcha assim que encerrar seu trabalho atual na gestão do aeroporto de São Petersburgo, na Rússia.
Andrea e outros executivos da Fraport, inclusive o CEO da companhia, Stefan Schulte, receberam a comitiva gaúcha liderada pelo governador José Ivo Sartori no aeroporto de Frankfurt, berço da empresa alemã que hoje administra 24 aeroportos pelo mundo.
O contrato de concessão do aeroporto à Fraport foi assinado em julho, mas só se tornou eficaz em 29 de agosto, data em que os prazos começaram a correr. Nos primeiros trinta dias, a empresa precisa elaborar um plano de transferência operacional, onde precisa comprovar que poderá fazer a transição sem prejudicar os serviços aos usuários. Após a análise da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a transferência passará a um segundo estágio, onde a Infraero continua operando, mas já com acompanhamento da Fraport. Depois disso, perto do fim do ano ou início de 2018, o processo deve se inverter, com a companhia alemã assumindo a responsabilidade pelo aeroporto e a Infraero acompanhando.
A Fraport só deve assumir totalmente a operação do Salgado Filho por volta de março ou abril de 2018, segundo o gerente de projetos da companhia, Andreas Montag. Sobre as obras e investimentos, Montag não quis entrar em detalhes. “Estamos na fase de conhecimento e de projetos, então é difícil anunciar algo que pode mudar”, justificou. As primeiras obras, porém, tem prazo rígido. O novo terminal de passageiros, um novo prédio-garagem e outras menores incluídas no pacote precisam ser entregues antes do fim de outubro de 2019. A ampliação da pista tem um prazo maior, até o fim de 2021.
“Vamos fazer todo o necessário em termos de infraestrutura para termos mais linhas, mais conexões, vamos incentivas isso”, afirmou Montag. Embora seja um aeroporto regional, Montag afirma que a localização no centro do Mercosul pode ajudar a transformar o Salgado Filho em uma espécie de hub para os países vizinhos. “Não investimos esse dinheiro onde não achamos que vá crescer”, acrescentou. A viagem do governador se encerra hoje à noite, quando retorna ao Brasil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Carlos Alberto de Castro Costa 03/10/2017 13h59min
Sou Carlos Alberto CEo da MEF e parabenizo RS e poa pela feterminaçao em direcionar o aeropprto salgado filho a uma empresa muito séria que é a FRAPORT e tendo em vista essa grande importancia comercial,me coloco para oferecer meus serviços nas areas de T.I e logistica.nAgradeço desde ja a atençao e oprtunidade que me fora dada nessa publicaçao.nParabéns a todos e prosperidade sempre !!!