Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de maio de 2017. Atualizado às 22h42.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Internacional

Notícia da edição impressa de 05/05/2017. Alterada em 04/05 às 21h02min

Jeep Grand Cherokee Trackhawk é o mais rápido e poderoso já produzido

Modelo será vendido nos Estados Unidos no segundo semestre deste ano e, por enquanto, somente por lá

Modelo será vendido nos Estados Unidos no segundo semestre deste ano e, por enquanto, somente por lá


FCA/DIVULGAÇÃO/JC
A força descomunal do modelo vem de um motor Hemi V8 de 6.2 litros com compressor. O propulsor fornece impressionantes 717 cv de potência e 843 Nm de torque, gerenciados por um câmbio automático de oito marchas.
O desempenho é de cair o queixo. O Grand Cherokee Trackhawk consegue acelerar tão rápido quanto um superesportivo: de zero a 96 km/h em exíguos 3,5 segundos, alcançando velocidade máxima de 289 km/h. O SUV ainda atinge 0,88 G de aceleração lateral em curvas.
A força incrível desse V8 sobrealimentado exigiu várias melhorias nos componentes de transmissão, que foram redimensionados para resistir ao torque adicional do motor. Os freios também mereceram cuidado especial - da reconhecida marca Brembo, contam com os maiores discos dianteiros já instalados em um veículo da Jeep.
O Grand Cherokee Trackhawk possui o sistema de tração nas quatro rodas Quadra-Trac, que inclui diferencial traseiro eletrônico de deslizamento limitado e caixa de transferência ativa. De série, o controle de largada (Launch Control) otimiza o rendimento, coordenando motor, transmissão e suspensão. Assim, propicia arrancada perfeita e aceleração consistente em linha reta.
O sistema Selec-Track adota um software especial para pré-configurar e distinguir cinco modos dinâmicos: Auto (automático), Sport (esportivo), Track (pista), Snow (neve) e Tow (reboque). Dessa forma, o condutor consegue determinar a configuração que melhor se adapte às suas necessidades e condições ambientais.
Os modos de condução controlam e ajustam, de maneira independente, parâmetros de tração, transmissão, suspensão e direção. Há ainda uma opção personalizada, que permite ao motorista regular, separadamente, cada aspecto do veículo.
O Trackhawk 2018 é 2,54 centímetros mais baixo do que as demais versões da família Grand Cherokee. Além disso, se diferencia por extensores dos para-lamas, pelas soleiras e pelo capô esculpido com extratores duplos de calor.
A tradicional grade frontal da Jeep, com sete aberturas, vem ladeada por faróis adaptativos com dois refletores de xenônio e assinatura de LEDs. Não há faróis de neblina para otimizar o fluxo de ar, tanto para a admissão quanto para o arrefecimento do motor.
Na traseira, chamam a atenção as quatro ponteiras de escapamento, cada uma com 10 centímetros de diâmetro e na cor preto cromado. As rodas, com acabamento de titânio, medem 20 polegadas. Também estão disponíveis, opcionalmente, rodas superleves de alumínio, que diminuem em cinco quilos o peso total do veículo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia