Porto Alegre, quarta-feira, 07 de outubro de 2020.
Dia do Compositor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 07 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 19h39min, 07/10/2020. Atualizada em 19h46min, 07/10/2020.

Hospital Conceição começa a reagendar 50 mil consultas suspensas na pandemia

Apenas pacientes que já tinham vínculo com o hospital devem reagendar a consulta online

Apenas pacientes que já tinham vínculo com o hospital devem reagendar a consulta online


JOYCE ROCHA/JC
Os hospitais Nossa Senhora da Conceição e Criança Conceição, que integram o Grupo Hospitalar Conceição (GHC), vão reagendar 50 mil consultas que não foram realizadas devido à pandemia. As marcações já podem começar a ser feitas a partir desta quinta-feira (8) em uma plataforma pela internet, informou o GHC.
Os hospitais Nossa Senhora da Conceição e Criança Conceição, que integram o Grupo Hospitalar Conceição (GHC), vão reagendar 50 mil consultas que não foram realizadas devido à pandemia. As marcações já podem começar a ser feitas a partir desta quinta-feira (8) em uma plataforma pela internet, informou o GHC.
As consultas ambulatoriais haviam sofrido uma redução de oferta durante a pandemia para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Além disso, as instituições tiveram de dedicar áreas e leitos para a demanda de casos da Covid-19, entre suspeitos e confirmados.
Pacientes que tinham consultas agendadas entre 23 de março a 30 de setembro e não compareceram poderão fazer a remarcação pelo https://www.ghc.com.br/marcacaodeconsultas.
A plataforma é destinada apenas aos pacientes que já possuem vínculo com os hospitais, esclarece o comunicado. Já pacientes que haviam agendado o primeiro atendimento via central de marcação de consultas devem aguardar ligação do GHC para novo agendamento.
Comentários CORRIGIR TEXTO