Porto Alegre, quarta-feira, 15 de setembro de 2021.
Dia do Cliente.
Porto Alegre,
quarta-feira, 15 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Indústria calçadista

- Publicada em 03h00min, 15/09/2021.

Arezzo prepara operação em Veranópolis

Grupo iniciou reforma nos pavilhões que somam 10 mil m2 de área

Grupo iniciou reforma nos pavilhões que somam 10 mil m2 de área


/PREFEITURA MUNICIPAL DE VERANÓPOLIS/DIVULGAÇÃO/JC
Cristine Pires

Desativados há alguns anos depois de terem sido palco da produção de calçados da Coopershoes e da São Paulo Alpargatas, os pavilhões localizados no KM 109 da BR-470, no bairro Valverde, em Veranópolis, voltarão à ativa. É ali que a Arezzo&Co começa a instalar uma de suas unidades fabris, com investimentos de R$ 17 milhões a serem realizados em um prazo de cinco anos. A empresa é líder no setor de calçados, bolsas e acessórios femininos no Brasil, e comercializa mais de 13,5 milhões de pares de sapatos por ano.

Desativados há alguns anos depois de terem sido palco da produção de calçados da Coopershoes e da São Paulo Alpargatas, os pavilhões localizados no KM 109 da BR-470, no bairro Valverde, em Veranópolis, voltarão à ativa. É ali que a Arezzo&Co começa a instalar uma de suas unidades fabris, com investimentos de R$ 17 milhões a serem realizados em um prazo de cinco anos. A empresa é líder no setor de calçados, bolsas e acessórios femininos no Brasil, e comercializa mais de 13,5 milhões de pares de sapatos por ano.

"A expectativa é que as operações comecem em dezembro deste ano", afirma o prefeito de Veranópolis, Waldemar De Carli, em entrevista ao Jornal do Comércio. Na primeira fase, que se estende do final de 2021 ao longo do próximo ano, serão produzidos 2 mil pares de calçados por dia, contratados 200 funcionários diretos e outras 80 vagas indiretas.

A reforma das edificações que ocupam 10 mil metros quadrados está em pleno andamento, com revisão de infraestrutura e das partes elétrica e hidráulica, entre outros quesitos que necessitam de reparo pelo tempo de inatividade.

A Capital Nacional da Longevidade, como é conhecida a cidade, foi a escolhida entre 33 municípios brasileiros que apresentaram propostas ao grupo. A prefeitura de Veranópolis irá subsidiar 50% do valor do aluguel dos prédios, cujo valor será progressivo, assim como as contrapartidas da Arezzo, itens todos previstos no termo de compromisso entre as partes.

Os três primeiros meses serão de carência. Nos seis meses seguintes, o valor será de R$ 25 mil, e passará para 37,5 mil nos seis meses posteriores. A partir daí, começa a ser cobrado o "valor cheio", de R$ 50 mil. Esses montantes serão divididos entre a empresa e o poder público, que fará o depósito do valor correspondente à sua parte. "Acredito que tenham pesado mais na decisão a infraestrutura do município, sua vocação calçadista e a possibilidade de contar com um local propício para instalar o parque fabril", afirma De Carli.

À Arezzo, cabe passar a produção de 2 mil pares de calçados por dia para a fabricação de 6 mil pares no prazo de 12 meses. O número de empregos diretos e indiretos também irá aumentar, e deve chegar a 400 contratações pela empresa no prazo de um ano e outros 300 indiretos no mesmo período.

A mão de obra indireta deve ser contratada dentro da própria cidade, uma das exigências do município. "Os ateliers de costura que irão atender à Arezzo, por exemplo, devem ser em número menor do que a empresa necessita. Em casos como esses fica acordado que poderão buscar prestadores de serviços nas cidades vizinhas", explica o prefeito, ao destacar que a medida irá proporcionar o desenvolvimento de toda a região.

A Arezzo&CO fabrica, além dos calçados que levam o nome do grupo, as marcas Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever, Alme, Vans e Reserva. Qual delas será produzida em Veranópolis ainda é uma incógnita, diz o prefeito. A secretária de Indústria e Comércio de Veranópolis, Daiane Ambrozini Domeneghini, orienta que, quem quiser concorrer às vagas que serão criadas pela Arezzo pode procurar o Sine Municipal para preencher o cadastro.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário