Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de novembro de 2019.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 18/11/2019.
Alterada em 17/11 às 21h55min
COMENTAR | CORRIGIR

Três homens e um destino

EDSON CHAVES/DIVULGAÇÃO/JC
Uma homenagem do MDB Região Nordeste ao ex-senador Pedro Simon em Caxias do Sul reuniu três ex-governadores caxienses que começaram como vereadores na cidade da Serra, passaram pela Assembleia Legislativa, pelo Congresso Nacional e, por fim, sentaram na cadeira nº 1 do Palácio Piratini. Deve ser alguma coisa que botaram na água da Barragem Maestra que abastece a cidade, só pode.
Uma homenagem do MDB Região Nordeste ao ex-senador Pedro Simon em Caxias do Sul reuniu três ex-governadores caxienses que começaram como vereadores na cidade da Serra, passaram pela Assembleia Legislativa, pelo Congresso Nacional e, por fim, sentaram na cadeira nº 1 do Palácio Piratini. Deve ser alguma coisa que botaram na água da Barragem Maestra que abastece a cidade, só pode.
 

Estabilidade, demissões...

Pesquisa feita pela XP Ipespe mostra divisão da população sobre a estabilidade do funcionalismo público. Para 46%, as normas que dificultam a demissão de servidores públicos são negativas e para 41%, positivas. E 52% sustentam que as leis deveriam ser alteradas para permitir demissões com mais facilidades, enquanto 39% preferem a manutenção das regras atuais.

...dividem a população

A maioria dos entrevistados (57%) discorda da possibilidade de congelamento do salário de servidores, e 36% concordam com o congelamento, para conter gastos. A má notícia para o funcionalismo é que para 59% dos entrevistados os servidores públicos trabalham menos (59%) e ganham mais (52%) do que os trabalhadores da iniciativa privada.

De fora para dentro

Houve tempo em que tudo e todos vinham do Interior para Porto Alegre. Hoje há uma crescente inversão, como é o caso das redes de lojas. Chega a vez das universidades. A Univates, de Lajeado, no Vale do Taquari, abrirá em Porto Alegre um polo de educação a distância.

Terra sem lei I

O Centro de Porto Alegre na véspera do feriadão. Além do protesto do Cpers, teve operação-padrão ou algo parecido dos ônibus, o que resultou num salve-se quem puder. Algumas lotações com ponto na Borges de Medeiros passaram por cima do canteiro da Salgado Filho para pegar a avenida João Pessoa direto.

Terra sem lei II

Protestos como esses mostram desprezo principalmente para o povo de baixa renda, que não tem alternativas, só lhe resta lamentar a vida miserável que leva. Fiscais de trânsito? Lenda urbana. Também há a questão dos pedestres que não dão a mínima para o sinal fechado, tem culpa desse banzé.

A janela que abre

Depois de muita chuva vem o quê? Em evento do Sesoop-RS, a meteorologista Estael Sias, da Metsul Meteorologia, destacou que "as janelas de tempo seco começam a ficar maiores no Rio Grande do Sul a partir de agora".

Merco o quê?

Finalmente subiu o limite de compras para quem entra no Brasil por via terrestre e rio, de US$ 300 para US$ 500. O caso remete a uma outra questão. Que Mercosul é esse que não se pode nem mesmo entrar com dulce de leche que a federal vai atrás?

Agora é oficial

O presidente da Fundação Theatro São Pedro, Antonio Hohlfeldt, comemora a oficialização, pelo governo do Estado, da regularização dos 12 terrenos em que se situam os prédios da Fundação Theatro São Pedro. Os terrenos compõem a área do teatro e do complexo cultural Multipalco Eva Sopher, num total de mais de 25 mil m2.

Miúdas

  • ALÉM da imprudência, contribui quase na mesma proporção para acidentes a imperícia do motorista gaúcho, porto-alegrense em especial.
  • COISA mais importante na comunicação é ouvir o que não está sendo dito. (Peter Drucker)
  • ENTRA ano e sai ano e é mais do mesmo. O povaréu sai da cidade grande quando ela começa a esvaziar e vai para o Litoral gaúcho, que começa a encher.
  • ESSE cinema brasileiro atual, em ritmo mais lento que formiga com reumatismo, já era produzido nos anos 1960.
  • INSPIRADA na nouvelle vague francesa, dele se dizia que o filme era uma droga, mas o diretor era genial.

Finais

  • STONE Capital Investimentos participou da estruturação da aquisição da Ferrari Indústria Metalúrgica de Flores da Cunha pela Master Sistemas Automotivos, das Empresas Randon.
  • GRUPO Epavi é a única no segmento de segurança privada premiada como melhor lugar para se trabalhar.
  • CORREÇÕES: posses na Academia Sul Rio-Grandense de Medicina serão no dia 30, e não no dia 22.
  • POR erro do emitente da nota, será dia 28 a 3ª edição de Residência Artística do Pop Center.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia