Porto Alegre, sexta-feira, 11 de outubro de 2019.
Dia Internacional do Combate à Obesidade.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR

Combustíveis

Notícia da edição impressa de 09/10/2019. Alterada em 11/10 às 15h29min

ALE vai ampliar rede de postos no Rio Grande do Sul

'O Rio Grande do Sul é um dos focos de crescimento da companhia', reforçou Rocha

'O Rio Grande do Sul é um dos focos de crescimento da companhia', reforçou Rocha


DOUGLAS LUCCENA/DIVULGAÇÃO/JC
Patrícia Comunello
O mercado gaúcho de postos de combustíveis registra expansão de redes com atuação nacional. A ALE, considerada a quarta distribuidora no Brasil, informou nesta terça-feira (8) que vai ampliar em um terço a sua operação, que hoje soma 21 postos. A previsão é chegar a 28 operações da bandeira ainda em 2019. 
Os estabelecimentos da ALE estão situados em cidades como Porto Alegre e regiões como Metropolitana, Serra Gaúcha e Vale do Taquari. Os novos postos, que devem ser captados em negociações com operações já existentes, ainda estão sendo definidos. "O plano da ALE é que a expansão ocorra por todo o Rio Grande do Sul", explicou a empresa, por nota.
Notícias sobre economia são importantes para você?
>> Assine o JC e receba conteúdos como este onde você estiver. Descubra como! <<
"Além de aproximar ainda mais dos revendedores, vamos estabelecer novas parcerias e aumentar a capilaridade na região", observou Renato Rocha, diretor comercial da rede. "O Rio Grande do Sul é um dos focos de crescimento da companhia", reforçou Rocha, que vai estar hoje em Porto Alegre para o 20º Congresso de Revendedores de Combustíveis da Região Sul e Expopetro 2019, no BarraShoppingSul. 
A ALE detém cerca de 1,5 mil postos em 21 estados e no Distrito Federal, que somam 12 mil empregos diretos e indiretos. Em 2018, a distribuidora teve o controle adquirido pela multinacional Glencore.
Na área de aquisição, outra rede, desta vez a gaúcha SIM, anunciou a compra da Mime, de Santa Catarina e a maior rede do estado vizinho. O negócio foi divulgado em setembro. Foi a maior aquisição do grupo gaúcho até agora. O valor não foi revelado. 
O presidente da rede gaúcha, Neco Argenta, disse que o negócio antecipa a meta, que era para 2021, de chegar a 200 postos. "Agora a meta para 2024 e 2025 é chegar a 400 postos", revela Argenta. O plano inclui ampliar a presença no Paraná e mais cidades catarinenses e desembarcar no Sudeste. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE