Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 04 de agosto de 2018.
Dia dos Padres.

Jornal do Comércio

04/08/2018 - 03h39min.
Alterada em 04/08 às 10h24min
COMENTAR | CORRIGIR

Música para viagem

Em Pequim há cabines para cantar e gravar suas próprias canções em locais públicos, como no aeroporto

Em Pequim há cabines para cantar e gravar suas próprias canções em locais públicos, como no aeroporto


THIAGO COPETTI/ESPECIAL/JC
Os chineses adoram um karaokê. Li em algum lugar que apenas em Pequim existem cerca de 1 mil espaços para “soltar o gogó”. Os chineses são, no dia a dia, bem reservados, e os karaokês seriam uma forma de dar vazão, digamos assim, à socialização.
Mesmo sabendo desse gosto pelo canto, me chamou a atenção, no aeroporto de Pequim, cabines para passar o tempo cantando. Enquanto se espera um vôo ou conexão é possível matar tempo gravando sua própria música. O viajante entra na cabine acústica, escolhe uma musica, canta e envia o arquivo por e-mail ou leva gravado em seu pendrive.
Os minikaraokês também podem ser encontrados em shoppings e outros locais públicos. Não duvido que, com tantas boas vozes no Brasil e pela afeição do brasileiro por música, o negócio também pudesse ser interessante e lucrativo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Thiago Copetti

A convite do Centro Internacional de Imprensa da China, o repórter está participando de um intercâmbio no gigante asiático. No blog Conexão China, apresentará, além de informações econômicas e políticas da segunda maior economia do mundo, também curiosidades culturais e gastronômicas, dicas de turismo e como é o cotidiano da vida em Pequim.