Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de julho de 2016. Atualizado às 20h34.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

CINEMA

Notícia da edição impressa de 28/07/2016. Alterada em 27/07 às 17h38min

Após quase 10 anos, Matt Damon volta a viver Jason Bourne

Matt Damon retorna
em filme da 
franquia Jason Bourne

Matt Damon retorna em filme da franquia Jason Bourne


UNIVERSAL PICTURES/DIVULGAÇÃO/JC
Após quase 10 anos, Jason Bourne está de volta. Com estreia hoje, o longa-metragem que leva o nome do personagem marca o retorno do ator Matt Damon ao papel que interpretou três vezes entre 2002 e 2007: o de uma arma humana de US$ 100 milhões de dólares. Quinto título da série - houve um filme derivado da história original em 2012, com Jeremy Renner -, o lançamento acompanha um protagonista que ainda não encontrou a paz.
Para aqueles que não lembram, a história envolve um soldado que se ofereceu para um programa experimental. Durante esse período, desenvolveu um intelecto invejável e um conjunto de habilidades versátil - tudo sob a promessa de que poderia honrar sua família e servir ao país. Entretanto, os fatos se desenvolveram de maneira diferente: ele foi transformado em um assassino com treinamento de elite e teve a memória apagada. A partir daí, foi guiado pelo objetivo conhecer sua verdadeira identidade e vingar-se dos seus criadores.
Jason Bourne marca o reencontro de Damon com o diretor Paul Greengrass, responsável por A supremacia Bourne (2004) e O ultimato Bourne (2007). O retorno do cineasta, inclusive, era um pedido do próprio ator, que também trabalhou com o realizador em Zona verde (2010). No entanto, ambos concordavam que só se dedicariam a este universo outra vez após terem uma boa história para contar. E ela veio conforme o próprio panorama global mudou, com mais discussões sobre transparência, segurança e privacidade.
Para dar um passo adiante na franquia - cuja bilheteria acumulada passa de US$ 1 bilhão -, a dupla resolveu olhar para trás na biografia do protagonista. Nas primeiras cenas do novo filme, uma velha conhecida encontra Bourne, agora atuando em embates pugilísticos, e provoca um choque em sua vida: mesmo que o protagonista pense ter recuperado todas memórias do passado, ele percebe que isso não significa que compreende todos os fatos que sucederam há cerca de duas décadas.
Conforme o produtor Gregory Goodman, o thriller toca em questões políticas contemporâneas, mas contempla um senso de cinismo e cansaço que as pessoas têm ao confiar em pessoas para administrar o que está ao seu redor. E isso se relaciona à apreensão e preocupação sobre algumas das escolhas que a sociedade fez e faz em escala global. "Embora claramente seja a continuação da história do Bourne e de sua busca pela verdade, este capítulo se comporta muito mais como uma história independente", afirma ele.
Para Damon, o personagem se vê nesse novo mundo, onde a hipótese de ser vigiado está ligada à vida digital e às liberdades civis. Diante deste contexto, surge Alicia Vikander, vencedora do Oscar por A garota dinamarquesa. A atriz sueca interpreta uma hacker prodígio disposta a caçar o protagonista de Atenas a Las Vegas e capaz de prever possíveis conflitos em diferentes partes do planeta.
O roteiro foi desenvolvido por Greengrass ao lado de Christopher Rouse, montador que recebeu um Oscar por seu trabalho em O ultimato Bourne, único título da série que foi reconhecido pela Academia - recebendo também prêmios de melhor edição de som e mixagem de som. Nenhum dos dois  esteve envolvido com O legado (2012), resultado de uma cisão da parceria com o roteirista Tony Gilroy, que, por sua vez, escreveu todos os quatro primeiros títulos e não se envolveu neste novo capítulo.
Fora Damon e a atriz Julia Stiles (de 10 coisas que eu odeio em você), o elenco é dominado por estreantes na trama. O veterano Tommy Lee Jones, por exemplo, interpreta um diretor da CIA. Outros artistas que podem ser vistos em cena são Vincent Cassel (Cisne negro), Ato Essandoh (dos seriados Elementary e Vinyl), e Riz Ahmed (que tem chamado atenção na série The night of e também já apareceu em longas como O abutre).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia