Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 24 de julho de 2016. Atualizado às 17h51.

Jornal do Comércio

Panorama

CORRIGIR

CINEMA

Notícia da edição impressa de 25/07/2016. Alterada em 22/07 às 19h03min

Porto Alegre recebe 6ª edição do Festival de Cinema Polonês

Varsóvia 44 integra programação do mostra de filmes poloneses

Varsóvia 44 integra programação do mostra de filmes poloneses


PRANA FILMES /DIVULGAÇÃO/JC
A programação da 6ª edição do Festival de Cinema Polonês chega à Capital gaúcha nesta semana. O evento começa na quinta-feira e ocorre até o dia 3 de agosto, com sessões no Cine Santander Cultural (Sete de Setembro, 1.028). A mostra reúne seis longas-metragens de ficção e seis curtas, todos realizados por novos talentos do país e produzidos entre os anos de 2012 e 2015. Os títulos podem ser assistidos em sessões às 15h, 17h e 19h,
Conforme Ewa Zukrowska, curadora-assistente e produtora do evento no Brasil, o objetivo da atividade é destacar nomes interessantes, que desenvolveram obras impactantes ou que foram premiadas, a fim de ampliar o leque de diretores do país conhecidos. Figuras como Andrzej Wajda, Krzysztof Kieslowski, Jerzy Skolimowski ou Roman Polanski, já reconhecidas por suas trajetórias, estão fora da lista.
A moça do armário, por exemplo, é o longa-metragem de estreia do diretor Bodo Kox e lhe rendeu um prêmio do júri no festival de cinema independente de Roma, além de láureas e indicações em sua terra natal. A narrativa acompanha três vizinhos solitários. Enquanto Jacek  busca contatos pela internet, seu irmão Tomek tem uma disfunção cerebral. Magda, por sua vez, vive reclusa em seu apartamento e uma vez tentou o suicídio. A história do trio começa a mudar quando o primeiro viaja e a última fica incumbida de cuidar de Tomek.
A lista de longas também inclui o début de Michal Otlowski, Jeziorak, com a elogiada atriz Jowita Budnik. A intérprete faz o papel de uma policial que atua em um pequeno vilarejo. Grávida e em meio à investigação sobre a morte de uma jovem, a personagem se vê envolvida também na busca de dois oficiais desaparecidos em serviço - entre eles seu próprio companheiro e pai dos gêmeos que estão para nascer.
Deuses, de Lukasz Palkowski, tem sessão comentada. Pesquisador na área de cultura polonesa e diretor da Casamundi Cultura, Tiago Halewicz fala sobre o filme na exibição de quinta-feira. Biográfico, o drama concorreu às principais categorias do Polish Film Awards de 2015 e rendeu o prêmio de melhor ator a Tomasz Kot. Ele faz o papel do cardiologista Religa, que em 1985 realizou o primeiro transplante de coração na Polônia após vencer uma série de complicações.
Completam a seleção A promessa, em que a cineasta Anna Kazejak destaca a vingança de uma garota traída pelo namorado, e Prédios flutuantes, de Tomasz Wasilewski. O segundo título aborda a história de um atleta que descobre sua homossexualidade - o filme revela um realizador em alta: Wasilewski recebeu um Urso de Prata de melhor roteirista em Berlim neste ano, com o filme United States of love. Quem fecha a programação é Varsóvia 44, de Jan Komasa.
O último é o único título que envolve a guerra: o filme acompanha Stefan, que batalha para sustentar a família em plena Varsóvia ocupada. Quando começa um levante contra os alemães, o protagonista decide juntar-se ao combate.
Já os curtas-metragens foram divididos em dois recortes e têm curadoria da Fundação de Cinema em Cracóvia - dedicado a curtas e animação. Entre os títulos, estão Nossa maldição, indicado ao Oscar de melhor documentário em curta-metragem, e O objeto, vencedor da menção especial no Festival de Sundance em 2015.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia