Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de julho de 2016. Atualizado às 13h17.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Cinema

21/07/2016 - 13h01min. Alterada em 21/07 às 13h19min

Festival de Gramado divulga longas e curtas que disputarão o Kikito

Aquarius

Aquarius terá exibição hors-concours na abertura, e Sônia Braga (centro) receberá o Oscarito


VALERY HACHE/AFP/JC
A organização do 44º Festival de Cinema de Gramado divulgou os longas e curtas-metragens que disputarão o Kikito em 2016. O festival vai de 26 de agosto a 3 de setembro. O filme Aquarius, de Kleber Mendonça Filho e que concorreu no Festival de Cannes este ano, terá exibição hors-concours na sessão de abertura do evento. 
A atriz Sônia Braga, protagonista de Aguarius, também confirmou presença, segundo a organização, e receberá o troféu Oscarito. 
Na lista de longas-metragens brasileiros, estão seis títulos, entre os quais a cinebiografia Elis, com direção de Hugo Prata e presença de Andreia Horta no papel da cantora Elis Regina.
Conforme os curadores, Eva Piwowarski, Marcos Santuário e Rubens Ewald Filho, todas as obras que compõem a mostra competitiva nacional são inéditas. "Cinco são comédias. Mas não foi proposital", comenta Ewald, referindo-se ao gênero que mais tem feito bilheteria entre o cinema produzido no País.
Além de Sônia Braga, outro homenageado será o ator Tony Ramos, que receberá o Troféu Cidade de Gramado. Os gastos com a edição devem ficar em cerca de R$ 3,5 milhões, mas a organização ainda está fechando os números.

Confira a lista de filmes:

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS
  • Barata Ribeiro, 716 (RJ), de Domingos Oliveira
  • El Mate (SP), de Bruno Kott
  • Elis (SP), de Hugo Prata
  • O Roubo da Taça (SP), de Caito Ortiz
  • O Silêncio do Céu (Brasil (SP)/Argentina), de Marco Dutra
  • Tamo Junto (RJ), de Matheus Souza
LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS
  • Campaña Antiargentina (Argentina), de Ale Parysow 
  • Carga Sellada (Bolívia/México/Venezuela/França), de Julia Vargas
  • Espejuelos Oscuros (Cuba), de Jessica Rodriguez
  • Esteros (Argentina/Brasil), de Papu Curotto
  • Guaraní (Paraguai/Argentina), de Luis Zorraquín
  • Sin Norte (Chile), de Fernando Lavanderos
  • Las Toninas Van al Este (Uruguai/Argentina), de Gonzalo Delgado e Verónica Perrotta
CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS
  • A Página (SP), de Guilherme Andrade
  • Aqueles Anos em Dezembro (SP), de Felipe Arrojo Poroger
  • Aqueles Cinco Segundos (MG), de Felipe Saleme
  • Black Out (PE), de Adalmir da Silva, Felipe Peres Calheiros, Francisco Mendes, Jocicleide Valdeci de Oliveira, Jocilene Valdeci de Oliveira, Martinho Mendes, Paulo Sano e Sérgio Santos
  • Deusa (SP), de Bruno Callegari
  • Horas (RS), de Boca Migotto
  • Ingrid (MG), de Maick Hannder
  • Lembranças do Fim dos Tempos (SP), de Rafael Câmara
  • Lúcida (SP), de Fabio Rodrigo
  • Memória da Pedra (BA), de Luciana Lemos
  • O Ex-Mágico (PE), de Mauricio Nunes e Olimpio Costa
  • O Que Teria Acontecido ou Não Naquela Calma e Misteriosa Tarde de Domingo no Jardim Zoológico (RJ), de Gugu Seppi e Allan Souza Lima
  • Rosinha (DF), de Gui Campos
  • Super Oldboy (SP), de Eliane Coster
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia