Publicada em 28 de Abril de 2022 às 16:40

Tramontina supera Gerdau na lembrança e segue à frente na preferência

Adiane Dal Mas (Cia Zaffari), Rosane Fantinelli (Tramontina), Pedro Moraes Torres Pinto (Gerdau), Aline Eggers Bagatini (Fruki), Giovanni Tumelero (JC), Daniel Randon (Randon), Adriana Terres Angar (Marcopolo), Odair Ziero (Colombo), Bárbara Fabres (Grupo RBS) e Ana Finkler (Lojas Renner)

Adiane Dal Mas (Cia Zaffari), Rosane Fantinelli (Tramontina), Pedro Moraes Torres Pinto (Gerdau), Aline Eggers Bagatini (Fruki), Giovanni Tumelero (JC), Daniel Randon (Randon), Adriana Terres Angar (Marcopolo), Odair Ziero (Colombo), Bárbara Fabres (Grupo RBS) e Ana Finkler (Lojas Renner)


LUIZA PRADO/JC
JC, do Rio de Janeiro, especial para o JC
Após uma sequência de três anos dividindo a liderança com a Gerdau, a Tramontina supera os índices nos dois lados da pesquisa e passa a ocupar o primeiro lugar como Grande Marca Gaúcha do Ano. O novo cenário é resultado da combinação entre a oscilação sofrida pela Gerdau e o avanço apresentado pela Tramontina.
Gerdau, até então líder na avaliação da lembrança, registrou uma queda de 2,7 pontos percentuais e passou a marcar 15,6%, mesmo escore alcançado pela Tramontina na edição anterior do projeto Marcas de Quem Decide.
Em contrapartida, a Tramontina ganhou 6 décimos de ponto percentual e subiu para 16,2%, o que foi suficiente para ultrapassar numericamente a Gerdau e tomar o primeiro lugar dentre as marcas mais lembradas.
Na avaliação da preferência, a Tramontina recebeu 18,5% das indicações, o que representa um crescimento de quase 1 ponto percentual. Já a Gerdau, após três anos recuperando gradativamente a pontuação perdida na edição de 2019, voltou a ter sua linha de evolução curvada, passando de 16,0% para 14,6%.
Fruki, que estava em oitavo lugar na lembrança e sequer aparecia entre as 10 marcas preferidas pelo público entrevistado na edição anterior, apresentou uma evolução exponencial e agora ocupa o terceiro lugar nos dois quesitos. Com 9,3% de indicações na lembrança e 6,6% na preferência, Fruki passa a ter seu desenvolvimento nas pesquisas da Qualidata estampado nos gráficos.
Considerando-se a margem de erro desse estudo, que é de 5,7 pontos percentuais, para mais ou para menos, Tramontina e Gerdau seguem empatadas tecnicamente em ambos os quesitos.
Após uma sequência de três anos dividindo a liderança com a Gerdau, a Tramontina supera os índices nos dois lados da pesquisa e passa a ocupar o primeiro lugar como Grande Marca Gaúcha do Ano. O novo cenário é resultado da combinação entre a oscilação sofrida pela Gerdau e o avanço apresentado pela Tramontina.
Gerdau, até então líder na avaliação da lembrança, registrou uma queda de 2,7 pontos percentuais e passou a marcar 15,6%, mesmo escore alcançado pela Tramontina na edição anterior do projeto Marcas de Quem Decide.
Em contrapartida, a Tramontina ganhou 6 décimos de ponto percentual e subiu para 16,2%, o que foi suficiente para ultrapassar numericamente a Gerdau e tomar o primeiro lugar dentre as marcas mais lembradas.
Na avaliação da preferência, a Tramontina recebeu 18,5% das indicações, o que representa um crescimento de quase 1 ponto percentual. Já a Gerdau, após três anos recuperando gradativamente a pontuação perdida na edição de 2019, voltou a ter sua linha de evolução curvada, passando de 16,0% para 14,6%.
Fruki, que estava em oitavo lugar na lembrança e sequer aparecia entre as 10 marcas preferidas pelo público entrevistado na edição anterior, apresentou uma evolução exponencial e agora ocupa o terceiro lugar nos dois quesitos. Com 9,3% de indicações na lembrança e 6,6% na preferência, Fruki passa a ter seu desenvolvimento nas pesquisas da Qualidata estampado nos gráficos.
Considerando-se a margem de erro desse estudo, que é de 5,7 pontos percentuais, para mais ou para menos, Tramontina e Gerdau seguem empatadas tecnicamente em ambos os quesitos.
Comentários CORRIGIR TEXTO