Autoridade se conquista



Júlia Alves, da Winning by MKT
CRÉDITO: /Winning by MKT/Divulgação/JC
Júlia Alves, da Winning by MKT
Você já ouviu falar sobre Marketing de Autoridade? Se a resposta for negativa, não há problema algum. Conforme Júlia Alves, da Winning by MKT, trata-se de um termo relativamente novo no mercado e ganhou força em 2018, quando uma dupla de empreendedores se uniu para publicar um livro, cujo título original em inglês é Authority Marketing. Desde então, o termo tornou-se alvo de curiosidade para CEOs, líderes e produtores de conteúdo, que vislumbraram um novo método para alcançar objetivos corporativos.
Mais efetivo, seguro e ágil, o processo promete reduzir o ciclo de vendas e tomar conta do mercado nos anos que se seguem, previsão realizada pela revista Forbes. A palavra autoridade é derivada do latim auctoritas, termo ramificado para auctor. Sendo assim, é fácil perceber que, para existir autoridade, necessariamente deve haver um sujeito: o autor. Auctor, por sua vez, é derivado de augere, que significa fazer crescer. É aí que entra a inevitável associação ao conceito de liderança.
"Autoridade não se impõe, se conquista. Muito por conta do momento histórico, as redes sociais têm uma presença diária na vida de todos. O estudo da We Are Social, em parceria com a ferramenta Hootsuite, comprova que, atualmente, as pessoas ficam conectadas seis horas e 43 minutos por dia", cita Júlia. É neste contexto que sua agência encontrou uma forma de se destacar. A empresa desenvolveu métodos autorais para potencializar a presença dos seus clientes no ambiente digital. Conforme Júlia, a dinamicidade das redes sociais é um desafio.
Para ela, constantes atualizações de algoritmo, mudanças no comportamento de usuários e novidades no contexto macro do mercado são determinantes. "É preciso estar sempre atento para entregar resultados eficazes e condizentes com o que é demandado", aponta.
Publicado em 28/04/2022.