Chegamos a mais uma edição do Marcas de Quem Decide com otimismo e esperança


Giovanni Jarros Tumelero
Giovanni Jarros Tumelero

[email protected]


Os resultados da pesquisa refletem diretamente o trabalho feito durante o ano pelas empresas, servindo de termômetro para que companhias possam traçar suas estratégias de marca


Olá, leitores e leitoras!
É uma satisfação enorme saber que estão recebendo mais uma edição da pesquisa Marcas de Quem Decide. Este suplemento contém os gráficos e as análises deste levantamento tão importante para o Rio Grande do Sul.
Na sua 24ª edição, lembramos a contribuição do nosso grande amigo e parceiro Paulo di Vicenzi, diretor presidente da Qualidata, que nos deixou no ano passado após 23 anos apresentando a pesquisa em conjunto com o Jornal do Comércio. Aproveito esse artigo para deixar aqui registrada a nossa homenagem ao Paulo.
O Marcas é uma iniciativa realizada pelo Jornal do Comércio, em parceria com a Qualidata, que realiza um estudo amplo e aprofundado. É a única pesquisa que mede tanto as marcas mais lembradas quanto as preferidas dos consumidores gaúchos.
Nesse sentido, o Marcas de Quem Decide traça um verdadeiro panorama da movimentação das principais marcas do Rio Grande do Sul.
Os resultados da pesquisa refletem diretamente o trabalho feito durante o ano pelas empresas, servindo de termômetro para que companhias possam traçar suas estratégias de marca. Ter acesso a essas informações ajuda a tomar decisões mais assertivas sobre o presente e, principalmente, sobre o futuro.
A tecnologia promove mudanças de consumo cada vez mais rápidas e as empresas têm que acompanhar e se reinventar na mesma velocidade para entregar aos consumidores o melhor produto e serviço do mercado, sendo esse um dos pilares fundamentais para a sua longevidade. 
"Reconhecendo o presente, inspirando o futuro." Esse foi o tema escolhido pelo Jornal do Comércio para o Marcas desse ano.
Acreditamos na importância da valorização das empresas e instituições que inovam constantemente e muitas vezes procurando em parcerias soluções para os gargalos do mercado e que visam suprir as necessidades das pessoas.
Exemplo disso é o Cais Embarcadero, onde promovemos o evento de divulgação dos dados, no dia 19 de abril, que hoje é símbolo de prosperidade para nossa cidade, fruto de um trabalho conjunto do setor público e privado, unidos pelo mesmo propósito de transformar a cidade, e torná-la cada vez melhor.
Assim, vemos Porto Alegre, entre as melhores capitais do Brasil para se empreender. Divulgamos reportagens que comprovam o nosso ponto de vista semanalmente no caderno GeraçãoE. Vivemos e registramos uma sociedade gaúcha pujante e criativa.
Acreditamos na iniciativa privada e no livre mercado como norteadores do desenvolvimento econômico e social do nosso País.
Temos orgulho de ser o Jornal de Economia e Negócios do Rio Grande do Sul. Há tantas décadas, seguimos nossa missão, vislumbrados pelos fundadores do JC, Jenor Cardoso Jarros, juntamente de sua esposa Zaida Jayme Jarros, que tinham o propósito de comunicar aos atacadistas a entrada de produtos que chegavam através do Cais do Porto, na capital gaúcha. Na época, o jornal funcionava na rua General Câmara, nº 28, no Centro Histórico de Porto Alegre. Jenor Jarros dispunha apenas de uma máquina de escrever Remington e de um mimeógrafo.
Embora valorizemos nossas raízes, trabalhamos com seriedade em prol das empresas e instituições empresariais para auxiliar o empreendedorismo e o desenvolvimento no Rio Grande do Sul. Sempre de olho no que é tendência e nas mudanças das formas de consumo de nosso público.
Buscamos dar espaço para notícias positivas da agenda econômica, registrando diariamente a instalação de novos investimentos ou iniciativas que estão sendo realizadas pelas empresas no nosso Estado e no Brasil.
Também retratamos como líderes empresariais estão conseguindo crescer e achar oportunidades em meio às constantes mudanças de consumo. Isso ficou ainda mais latente durante a pandemia, que afetou tantos negócios tradicionais e novos.
Neste ano, o Jornal do Comércio completa 89 anos com atividades ininterruptas, sempre direcionando seus esforços para um produto de alta qualidade.
Seguimos a mesma lógica em nossas plataformas digitais. Atualmente, na era tecnológica, a informação é ilimitada, e temos uma infinidade de conteúdos e informações das mais variadas na internet.
Com isso, também circulam em grande quantidade conteúdos falsos, as famosas fake news, que acabam distorcendo os fatos.
Como veículo de comunicação, temos o dever de trazer ao público a informação correta. Contamos com uma redação preparada para fazer uma curadoria do que de mais importante acontece. E, após a checagem dos fatos, publicamos as notícias, garantindo que o nosso leitor receba a informação com credibilidade.
Por isso estamos investindo significativamente na nossa área digital, onde temos um crescimento constante de assinantes e anunciantes que acreditam no nosso propósito. 
Nos últimos dois anos, conseguimos dobrar nossa audiência no site do JC e alcançamos uma marca histórica!
Isso nos leva a um patamar importantíssimo, pois o impresso e o digital juntos nos permitem alcançar um número de leitores como nunca antes na história do Jornal.
Portanto, seguiremos no curso dos avanços tecnológicos, para que cada vez mais consigamos entregar um conteúdo de qualidade e exclusividade para os nossos assinantes, que apoiam um jornalismo profissional e correto.
Quero agradecer e parabenizar à equipe do Jornal do Comércio.
E ainda ao apoio especial dos patrocinadores do projeto.
Finalmente, parabenizo todas as marcas premiadas na pesquisa Marcas de Quem Decide e desejo ainda mais sucesso em suas decisões a partir desses dados. 
Muito obrigado e uma boa leitura!
Publicado em 28/04/2022.