Pandemia altera necessidades na hora de escolher um imóvel



Leandro Rosa é sócio-diretor da Bridge Imóveis
CRÉDITO: /BRIDGE/DIVULGAÇÃO/JC

Uma das grandes transformações ocasionadas pela pandemia foi a forma de morar. Com o home office cada vez mais sólido e a necessidade de passar mais tempo dentro de casa, o que se espera do ambiente que se vive não é o mesmo de antes. Leandro Rosa, 42 anos, sócio-diretor da Bridge Imóveis, imobiliária de Porto Alegre focada em imóveis de médio e alto padrões, acredita que o período fez com que locais com mais área privativa, que comportam esse novo estilo de vida, tenham se tornado o alvo de quem deseja investir nesse mercado.

Para ele, os lançamentos de imóveis de alto padrão, acima de 200 m², devem ser o incremento no comportamento do mercado neste ano em relação ao anterior. "Tivemos rodadas de planejamento com todas as principais incorporadoras e estamos muito otimistas com o que temos pela frente", afirma. 

Atualmente, segundo ele, a compra de imóveis para locação está em alta, já que o rendimento vem superando o dos investimentos do mercado financeiro. "Para analisar negócios com potencial, é importante estudar bem o perfil da região e os valores dos aluguéis disponíveis no mercado. Os imóveis que ficam localizados nos edifícios multiuso, onde há torres residenciais, comerciais e mall, passaram a ser, pela facilidade de acesso aos serviços disponíveis, muito procurados por investidores", considera o empreendedor.

Publicado em 26/04/2021.