CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Suvinil apresenta tendências de cores para 2021



A marca elegeu a Meia-Luz como a cor do ano e lançou paletas batizadas como Resgate, Consciência e Conexão
CRÉDITO: /André Klotz/Produção por Michell Lott/JC
Referência em tintas decorativas, a Suvinil colore casas de todas as regiões do Brasil. Ser uma marca sólida e tão presente na mente e no coração das pessoas é reflexo do compromisso de acompanhar as mudanças e vivenciar a pluralidade, abraçando todas as cores e histórias.
Há um ano, o mundo passou a olhar ainda mais para dentro das casas, pintando paredes, trocando móveis, cultivando plantas, dando cor e vida aos ambientes em que passamos a maior parte do tempo. Alinhado a isso, o Suvinil Revela 2021 elegeu a Meia-Luz como a cor do ano e lançou paletas batizadas como Resgate, Consciência e Conexão.
A Meia-Luz é uma cor inspirada no degradê do pôr do sol. Como um elo entre os sonhos e a realidade, ela simboliza o processo de transformação que estamos vivendo. "Meia-Luz fala sobre otimismo, coragem e contemplação da vida e de suas novas roupagens e formatos, para que possamos esperançar um futuro melhor e mais equilibrado para nós como indivíduos e, principalmente, para o planeta", destaca Juliana Hosken, Diretora de Marketing da Suvinil.
Conectada a busca por tornar o lar um espaço de proteção física e mental e de encontrar um novo lugar de presença na vida interiorizada, a paleta Resgate traz brancos orgânicos que retratam a procura pela simplicidade ancestral. Também contempla cores cromáticas, como amarelos dessaturados, marrons amadeirados, azuis que lembram a cor do céu e do reflexo das águas, e cinzas esfumaçados.
Com a paleta Consciência, a Suvinil dá ênfase a um novo jeito de se comportar no mundo, voltado à sustentabilidade, o Novo Minimalismo. Fazem parte dessa paleta os tons medianos, dessaturados, calmantes e orgânicos, como os vermelhos terrosos e os verdes temperados. Escolhas que demonstram a ligação das pessoas com a natureza e a certeza de que cuidar do planeta e de si devem ser a mesma coisa.
Para finalizar esse mergulho conceitual em torno das cores, a paleta Conexão convida para um olhar otimista sobre a tecnologia. O tema traz a ascensão dos 3Ds que invadiram o universo da arquitetura, dando espaço ilimitado ao encantamento decorrente do visual. Rosas e lilases crepusculares (como a cor Meia-Luz), e verdes azulados Acqua resgatam as memórias bem vividas de felicidade.
"Seja nas paredes de nossos quartos ou salas, ateliês ou despensas, jardins ou corredores, as cores nos lembram que podemos carregar nossos sonhos para onde quer que andemos", encerra Hosken.
Na foto, a mesa lateral e o vaso são de Giacomo Tomazzi; a luminária é de Wentz Design; banco, Estudio Dentro; e quadros, da artesã Neia, da Brasileirinho Tiradentes.
Publicado em 26/04/2021.