Baixo índice de lembrança deve servir como alerta

Quando é grande a quantidade do público que não consegue lembrar de marcas em determinados setores, significa que quem atua nesses setores tem ao mesmo tempo um problema e uma oportunidade. O problema é perder negócios porque ninguém compra de uma marca que não lembra. A oportunidade é que, com pequenos esforços, é possível se destacar entre os concorrentes.
A pesquisa feita pela Qualidata mede o nível de desconhecimento de todos os setores avaliados. Nos quadros abaixo estão os 10 em que isso ocorre com maior intensidade, tanto na lembrança quanto na preferência. Empresa Leiloeira aparece como o mais crítico, no qual o total de quem não lembra de nenhuma marca chega a 87,8%, e 88,5% não têm uma marca preferida nesse setor. Os setores com variação negativa devem ser entendidos como resultados positivos, ou seja, mostram o quanto baixou o nível de desconhecimento de marcas por parte dos entrevistados. Na lembrança, isso ocorreu mais fortemente em Sindicato Patronal e Escritório Jurídico. Na preferência, baixou o desconhecimento em Sindicato Patronal e Entidade Jurídica.
Publicado em 26/04/2021.