Porto Alegre, domingo, 01 de dezembro de 2019.
Dia Mundial de Luta contra a Aids.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR

INFRAESTRUTURA

29/11/2019 - 17h59min. Alterada em 01/12 às 22h10min

Norte do Estado vai ganhar duas PCHs em 2020

Projetos da Ceriluz, Creral e Coprel receberão investimentos de R$ 115 milhões

Projetos da Ceriluz, Creral e Coprel receberão investimentos de R$ 115 milhões


CERILUZ/DIVULGAÇÃO/JC
Três cooperativas de energia gaúchas pretendem inaugurar em 2020 duas pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) no norte do Rio Grande do Sul, com investimentos totais de R$ 115 milhões. A maior delas, com 13 megawatts (MW) de potência, está sendo construída pela Ceriluz, de Ijuí, pela Creral, de Erechim, e pela Coprel, de Ibirubá, no rio Forquilha, no município de Maximiliano de Almeida. Segundo o presidente da Ceriluz e da Federação das Cooperativas de Energia, Telefonia e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul (Fecoergs), Iloir de Pauli, o investimento nesta unidade é de R$ 75 milhões.
A Ceriluz também está construindo, sozinha, uma usina de 7 MW no rio Potiribu, em Ijuí, com investimento de R$ 40 milhões. A energia das duas PCHs já foi vendida em leilões. As cooperativas de Ijuí e Ibirubá têm ainda outros dois projetos para geração de 18 MW em Coronel Barros e de 5 MW em Boa Vista do Cadeado que podem representar investimentos de mais R$ 182 milhões, mas eles ainda dependem da venda da energia em futuros leilões.
  • Origem das empresas: Brasil
  • Cidades: Maximiliano de Almeida e Ijuí
  • Investimento: R$ 115 milhões
  • Estágio: Em execução
  • Previsão: 2020
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE