Porto Alegre, domingo, 01 de dezembro de 2019.
Dia Mundial de Luta contra a Aids.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR

INDÚSTRIA

29/11/2019 - 20h43min. Alterada em 01/12 às 21h15min

Braspell Bioenergia investe R$ 1,4 bi em nova fábrica

Capacidade de produção deve alcançar 1,2 milhão de toneladas por ano

Capacidade de produção deve alcançar 1,2 milhão de toneladas por ano


VISUALHUNT/DIVULGAÇÃO/JC
A Braspell Bioenergia, antiga Pellco Brasil, pretende iniciar no primeiro trimestre de 2020, em Pinheiro Machado, a construção de uma fábrica de cilindros de madeira compactada para geração de energia a partir da queima de biomassa, conhecidos como pellets. A planta aguarda a emissão da licença ambiental de instalação e deve entrar em operação no início de 2022, com investimentos de R$ 1,4 bilhão. A capacidade de produção deve alcançar 1,2 milhão de toneladas por ano, destinadas para o mercado externo, a começar pela Europa e Japão.
O projeto do empresário paulista Luiz Eduardo Batalha, um dos maiores criadores de gado angus do país, deve contar com a participação de investidores estrangeiros prospectados com a assessoria do banco BNP Paribas. O empreendimento inclui também uma área de 45 mil hectares de florestas para fornecimento de matéria-prima e uma usina termoelétrica própria. Quando estiver em operação, a planta deve gerar até 200 empregos, além dos 800 previstos para o manejo da base florestal.
  • Origem da empresa: Brasil
  • Cidade: Pinheiro Machado
  • Investimento: R$ 1,4 bilhão
  • Estágio: Anunciado
  • Previsão: 2022
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE