Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Palavra do Leitor

- Publicada em 07 de Julho de 2022 às 21:16

Parque na orla do Guaíba

É de entusiasmar, ler e reler sobre o projeto de um parque na orla do Guaíba ("Parque da orla quer ser referência em turismo, Jornal do Comércio, edição de 06/07/2022). É o tipo do empreendimento que precisava ser feito há anos, pela beleza do local e a falta de algo parecido em Porto Alegre, ainda mais tendo a vista do nosso querido rio (para mim sempre será rio, nada de lago...). Parabéns aos que tiveram a ideia e vão colocar cerca de R$ 282 milhões na revitalização do Parque da Harmonia - que era praça, virou, na Segunda Guerra Mundial, o Depósito Regional de Material de Motomecanização (DRMM-3) da então 3ª Região Militar do Exército e foi devolvido à prefeitura em 1977, quando esteve presente na despedida um dos seus últimos comandantes, já na Reserva, o coronel Oriovaldo Pereira Lima. Lembro à arquiteta Carla Deboni, diretora administrativa da GAM3 Parks, empresa responsável pela administração do Parque, que ali havia a árvore dos enforcados, onde até pouco tempo restava um galho caído com a argola que sustentava a forca. (Antônio Carlos S. B. da Rosa, Porto Alegre, antigo morador do Alto da Bronze)

É de entusiasmar, ler e reler sobre o projeto de um parque na orla do Guaíba ("Parque da orla quer ser referência em turismo, Jornal do Comércio, edição de 06/07/2022). É o tipo do empreendimento que precisava ser feito há anos, pela beleza do local e a falta de algo parecido em Porto Alegre, ainda mais tendo a vista do nosso querido rio (para mim sempre será rio, nada de lago...). Parabéns aos que tiveram a ideia e vão colocar cerca de R$ 282 milhões na revitalização do Parque da Harmonia - que era praça, virou, na Segunda Guerra Mundial, o Depósito Regional de Material de Motomecanização (DRMM-3) da então 3ª Região Militar do Exército e foi devolvido à prefeitura em 1977, quando esteve presente na despedida um dos seus últimos comandantes, já na Reserva, o coronel Oriovaldo Pereira Lima. Lembro à arquiteta Carla Deboni, diretora administrativa da GAM3 Parks, empresa responsável pela administração do Parque, que ali havia a árvore dos enforcados, onde até pouco tempo restava um galho caído com a argola que sustentava a forca. (Antônio Carlos S. B. da Rosa, Porto Alegre, antigo morador do Alto da Bronze)

Trânsito

Sobre os comentários Deu a Louca no Trânsito I e II publicadas no Jornal do Comércio, coluna Começo de Conversa, página 3, de Fernando Albrecht, sobre a condução em ônibus de Porto Alegre, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) destaca que são realizados cursos de reciclagem periódicos com as empresas. O passageiro deve registrar situações como essa pelo 118 informando linha, prefiro, data e horário para que possamos analisar a conduta do motorista. (Gabriela Duarte, jornalista, Coordenação de Comunicação Social-EPTC)

Culinária árabe

Neste dia 8 de julho, a diretoria da Sociedade Libanesa de Pelotas, liderada por Daniela e Alceu Gastaud, promovem uma noite para degustar as delícias da culinária árabe. (Flávio Mansur, Pelotas/RS)

 

Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO