Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 30 de outubro de 2019.
Dia do Comerciário. Dia do Balconista.

Jornal do Comércio

30/10/2019 - 18h01min.
Alterada em 30/10 às 18h07min
COMENTAR | CORRIGIR

Livro da colunista Patricia Knebel destaca potencial transformador da Internet das Coisas

A obra tem autoria da jornalista especializada em Tecnologia e repórter e colunista do Jornal do Comércio Patricia Knebel

A obra tem autoria da jornalista especializada em Tecnologia e repórter e colunista do Jornal do Comércio Patricia Knebel


Patricia Knebel/Divulgação/JC
A cada segundo, 127 novos objetos se conectam à internet. De fones de ouvido, brincos e relógios a aspiradores, geladeiras, televisores, lâmpadas e carros. Casas, edifícios comerciais e indústrias também estão sendo fortemente tocados por essa transformação.
A cada segundo, 127 novos objetos se conectam à internet. De fones de ouvido, brincos e relógios a aspiradores, geladeiras, televisores, lâmpadas e carros. Casas, edifícios comerciais e indústrias também estão sendo fortemente tocados por essa transformação.
É sobre esse mercado, cujo impacto econômico poderá chegar a US$ 11 trilhões até 2025, que o livro Mundo Conectado: como a Internet das Coisas está revolucionando os negócios, as cidades e a vida das pessoas, fala. O lançamento aconteceu no dia 28 de outubro, na Futurecom, maior evento de tecnologia da América Latina.
A obra tem autoria da jornalista especializada em Tecnologia e repórter e colunista do Jornal do Comércio Patricia Knebel. A produção é do Estúdio Editorial, empresa de conteúdo multiplataforma liderada pela jornalista, e envolveu ainda os jornalistas Thiago Copetti, Patrícia Comunello, Cristiano Vieira, Clarissa Barreto e Roberta Mello, além da designer Ursula Fuerstenau.
O projeto traz uma análise profunda do mercado de Internet das Coisas, abordando aspectos como regulamentação, conectividade, segurança e uso inteligente dos dados para gerar mais eficiência e capacidade de inovação às empresas. Além disso, apresenta as oportunidades para ecossistema local e destaca dez cases de empresas que estão apostando na Internet das Coisas para transformar os seus negócios, como Embraer, Natura, Grow, Bayer, John Deere, Mercedes-Benz, Salvus, Microsoft, Micro-bit e a cidade de Campinas.
“Foram cerca de 50 entrevistas realizadas ao longo de um ano com empresas, universidades e instituições de pesquisa para traçar um cenário que aponta para benefícios inesgotáveis e desafios sem precedentes que vivemos com a evolução da IoT. Sem falar em todo potencial da sua conexão com outras tantas tecnologias exponenciais como Inteligência Artificial, Machine Learning e Blockchain”, destaca Patricia. Também estão presentes na obra players como HT Micron, McKinsey, IDC Brasil, Accenture, thyssenkrupp, CPqD, entre outros.
O empreendedor Alexandre Bueno, idealizador do livro, comenta que este projeto mostra a força de todo ecossistema verde-amarelo envolvido com IoT. “Esse livro é resultado de muitas conexões e colaboração de tantas pessoas que estão construindo uma jornada de sucesso em torno desta tecnologia tão importante para os negócios e as cidades”, analisa.
O diretor da Informa Markets e da Futurecom, Hermano do Amaral Pinto Junior, destaca a importância da obra. “IoT estabelece novos parâmetros para a sociedade e para a economia, e daí a importância do livro Mundo Conectado que, de forma inédita no Brasil, traça o panorama deste mercado e apresenta casos práticos de aplicação de empresas de grande credibilidade”, afirma.
O prefácio é de Carlos Azen, gerente de Telecom, TI e Economia Criativa do BNDES. “As soluções de IoT já são uma realidade e abrem cada vez maiores oportunidades às empresas e aos usuários em diversos ambientes. Para o Brasil, as soluções habilitadas pela IoT representam uma especial oportunidade para enfrentar os inúmeros desafios econômicos e sociais de um país em desenvolvimento e com mais de 200 milhões de habitantes”, aponta.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia