Porto Alegre, sexta-feira, 20 de novembro de 2020.
Dia Nacional da Consciência Negra. Dia Universal das Crianças.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 20 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Agronegócio

- Publicada em 03h00min, 20/11/2020. Atualizada em 14h29min, 20/11/2020.

Estiagem leva 53 municípios gaúchos à situação de emergência

Falta de chuvas castiga severamente o Estado desde o ano passado, atingindo 394 localidades

Falta de chuvas castiga severamente o Estado desde o ano passado, atingindo 394 localidades


/WENDERSON ARAUJO/CNA/DIVULGAÇÃO/JC
Thiago Copeti
Com 53 municípios já em situação de emergência decretada em função da estiagem e outros seis em dificuldades mas ainda sem decreto junto à Defesa Civil, o Rio Grande do Sul avança novamente para o dramático cenário de falta de água que castigou 394 cidades do Estado entre 2019/2020. Uma situação que também afeta, desde agora, lavouras de milho e soja, entre outras culturas.
Com 53 municípios já em situação de emergência decretada em função da estiagem e outros seis em dificuldades mas ainda sem decreto junto à Defesa Civil, o Rio Grande do Sul avança novamente para o dramático cenário de falta de água que castigou 394 cidades do Estado entre 2019/2020. Uma situação que também afeta, desde agora, lavouras de milho e soja, entre outras culturas.
Com a falta de chuva iniciando mais cedo neste ano, em 27 de outubro foi feita a primeira declaração oficial à Defesa Civil no Estado, pela prefeitura de Tenente Portela. O município já obteve reconhecimento da União para a situação, assim como Caiçara, Frederico Westphalen, Seberi e Vista Alegre. Ao todo, são 46 com situação de Emergência Decretada oficialmente e cinco com Registro no S2ID (Sistema Integrado de Informações sobre Desastres).

Municípios gaúchos que já enfrentam problemas com a falta de chuva*

Veja a lista de municípios gaúchos que já enfrentam problemas com a falta de chuva, na ordem da data de comunicação do fato à Defesa Civil:

Tenente Portela, Fontoura Xavier, Giruá, Frederico Westphalen, Palmitinho, Planalto, Cerro Grande, Seberi, Alpestre, Ametista do Sul, Caiçara, Cristal do Sul, Iraí, Boa Vista das Missões, Liberato Salzano, Vista Alegre, Novo Tiradentes, Pinhal, Jaboticaba, Lajeado do Bugre, Taquaruçu do Sul, Alecrim, Doutor Mauricio Cardoso, Santo Cristo, Tiradentes do Sul, Tuparendi, Ponte Preta, Barra do Guarita,Nova Candelária, Santa Rosa, São José do Inhacorá, Três de Maio, Tucunduva, Independência, Porto Lucena, Porto Mauá, Três Passos, Cândido Godói, Constantina, Crissiumal, Pirapó, Porto Vera Cruz, São Paulo das Missões, Três Arroios, Vicente Dutra, Campina das Missões, Humaitá, Barra do Rio Azul, Marcelino Ramos, Porto Xavier, São Pedro do Butiá, Salvador das Missões, Roque Gonzales, Nonoai, Trindade do Sul, Rondinha, Erval Grande, Itatiba do Sul, Gramado dos Loureiros.

Comentários CORRIGIR TEXTO