Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 02 de maio de 2017. Atualizado às 22h45.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Notícia da edição impressa de 03/05/2017. Alterada em 02/05 às 17h34min

Palco Giratório começa amanhã

Caliban: a tempestade de Augusto Boal, do Oi Nóis Aqui Traveiz, na abertura do Palco Giratório

Caliban: a tempestade de Augusto Boal, do Oi Nóis Aqui Traveiz, na abertura do Palco Giratório


PEDRO ISAIAS LUCAS/DIVULGAÇÃO/JC
Começa amanhã o 12º Festival Palco Giratório Sesc-POA. Até 28 de maio, o festival contará com mais de 50 espetáculos de teatro, dança, circo, intervenções artísticas e performances, além de atividades formativas como o seminário Práticas de emergência cênica. Os ingressos têm valores a partir de R$ 10,00 e podem ser adquiridos junto ao Sesc Centro (Alberto Bins, 665), de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h45min; e nos sábados, das 8h às 13h.
A abertura da programação fica por conta de dois espetáculos na rua. Vaiqueeuvou!, dos paulistas Irmãos Sabatino, através da linguagem do circo, apresenta três aviadores da década de 1930, no estacionamento do Teatro Renascença (Érico Veríssimo, 307), às 15h. Em seguida, às 16h, no Largo Glênio Peres, ocorre a peça Caliban: a tempestade de Augusto Boal, do Oi Nóis Aqui Traveiz. O grupo gaúcho é o homenageado da edição do Palco Giratório Nacional.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia