Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h15.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

cinema

Notícia da edição impressa de 27/01/2017. Alterada em 26/01 às 17h41min

Drama russo de guerra

Indicado para representar a Rússia no Oscar - mas não selecionado para a lista final de concorrentes ao prêmio -, Paraíso tem trama relacionada à Segunda Guerra Mundial e venceu o Leão de Prata de melhor direção no Festival de Veneza do ano passado. O filme destaca Olga, imigrante da aristocracia russa e integrante da Resistência Francesa.
A personagem é presa pela polícia nazista por esconder crianças judias. No cárcere, conhece Jules, um oficial que promete libertá-la em troca de favores sexuais. Mesmo concordando, ela vê o plano falhar quando é transferida para um campo de concentração - onde encontra um velho conhecido. A direção é de Andrei Konchalovsky.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia