Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 11 de agosto de 2016. Atualizado às 20h52.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

Música

Notícia da edição impressa de 12/08/2016. Alterada em 11/08 às 17h11min

Toquinho e Joyce na Capital

Intérpretes e compositores promovem resgate do cancioneiro nacional

Intérpretes e compositores promovem resgate do cancioneiro nacional


MARCOS HERMES/DIVULGAÇÃO/JC E LEO AVERSA/DIVULGAÇÃO/JC
Na comemoração de seus 50 anos de carreira em show, Toquinho convida outra grande compositora e intérprete da MPB, Joyce, para compartilhar o palco do Teatro do Bourbon Country (Túlio de Rose, 80) nesta sexta-feira, às 21h. Os ingressos para este espetáculo inédito cheio de clássicos em Porto Alegre custam de R$ 140,00 a R$ 320,00, à venda na bilheteria do local, pelo site www.ingressorapido.com.br ou pelo telefone 4003-1212.
O artista vem convidando alguns parceiros destas cinco décadas para apresentações pelo País. Nascido em São Paulo em 1946, Antonio Pecci Filho começou a estudar violão com o mestre Paulinho Nogueira. Toquinho chegou ao profissionalismo adolescente, fazendo parte do talentoso grupo da década de 1960: Elis Regina, Zimbo Trio, Marcos Valle, Bossa Jazz Trio, Taiguara, Chico Buarque. Entre tantas parcerias, Vinicius de Moraes foi a maior. O poeta o convidou, em 1970, para acompanhá-lo, numa série de shows em Buenos Aires. Em 11 anos, os dois criaram juntos cerca de 120 canções, gravaram em torno de 25 LPs no Brasil e no exterior, atuaram em mais de mil shows por todo o mundo. 
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia