Porto Alegre, terça-feira, 26 de outubro de 2021.
Dia do Trabalhador da Construção Civil. Dia da Democracia.
Porto Alegre,
terça-feira, 26 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Petroquímica

26/10/2021 - 17h54min. Alterada em 26/10 às 21h43min

Obras de expansão de planta de eteno verde da Braskem começam em novembro

Investimento na ampliação é estimado atualmente em cerca de R$ 450 milhões

Investimento na ampliação é estimado atualmente em cerca de R$ 450 milhões


BRASKEM/DIVULGAÇÃO/JC
As obras para ampliação da capacidade do complexo de eteno verde (feito a partir do etanol oriundo da cana-de-açúcar) da Braskem serão iniciadas a partir do mês de novembro. A iniciativa já conta com licença ambiental para ir adiante e deverá ser concluída no próximo ano.
Com a ação, a unidade, localizada no Polo Petroquímico de Triunfo e inaugurada em 2010, aumentará em 30% sua capacidade de produção, passando de 200 mil toneladas para 260 mil toneladas anuais de eteno verde (matéria-prima utilizada na fabricação de resinas plásticas renováveis). De acordo com projeções da Braskem, a demanda por polietileno e EVA renováveis deve superar 200 mil toneladas em 2021 e chegar a 260 mil toneladas em 2024.
O polietileno verde é usado na fabricação de sacolas, embalagens rígidas, tampas, filmes para alimentos; enquanto isso, o EVA é utilizado, principalmente, em componentes aplicados na confecção de calçados. Inicialmente, o investimento na ampliação da planta gaúcha era estimado em aproximadamente R$ 330 milhões.
No entanto, devido a fatores como valorização do dólar e atualização de preços de equipamentos e tubulações, esse número saltou agora para R$ 450 milhões. O projeto faz parte da meta da petroquímica de reduzir em 15% suas emissões de gases de efeito estufa até 2030 e alcançar a neutralidade de carbono até 2050.
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2021