Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Assembleia Legislativa

Notícia da edição impressa de 25/04/2018. Alterada em 24/04 às 21h45min

Estado destinará lixo reciclável a cooperativas

Villaverde é autor da matéria

Villaverde é autor da matéria


/GUERREIRO/AGÊNCIA ALRS/JC
Os deputados estaduais aprovaram, na sessão de ontem da Assembleia Legislativa, um projeto que determina que os órgãos do Estado vão destinar seu lixo reciclável a 18 cooperativas de catadores, carroceiros e carrinheiros de diversas regiões da Capital. Segundo o representante da Associação Caminho das Águas, Leonel Carvalho,  a proposta - que tramitava pela casa desde 2010 - vai permitir a criação de mais 300 vagas de catadores no ciclo de reciclagem no Estado.
"O projeto determina que as repartições públicas vão separar todo o material reciclável produzido pelo Estado e destiná-lo às entidades representativas dos catadores. Por exemplo, o papel. Isso vai dar uma excelente ferramenta de sustentabilidade ao Rio Grande do Sul", avaliou Adão Villaverde (PT), que, ao acolher a proposição das cooperativas de reciclagem, apresentou o projeto.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia