Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Opinião

Notícia da edição impressa de 25/04/2018. Alterada em 24/04 às 20h52min

Dia 25 de abril, data de reafirmar escolhas

Ana Tércia Lopes Rodrigues, presidente do CRCRS, fala do Dia do Profissional da Contabilidade

Ana Tércia Lopes Rodrigues, presidente do CRCRS, fala do Dia do Profissional da Contabilidade


CLAITON DORNELLES /JC
Ana Tércia Lopes Rodrigues
Das várias escolhas que fazemos na vida, uma em especial tem grande potencial de nos tornar pessoas felizes ou infelizes, estou falando da escolha profissional. Quando celebramos uma data comemorativa, como o Dia do Profissional da Contabilidade, estamos na verdade relembrando e reafirmando uma escolha feita em um momento de nossa vida. Momento em que talvez ainda não tivéssemos a maturidade necessária que se requer para as grandes decisões de vida, o que indica que muito provavelmente fomos movidos por múltiplos sentimentos num mix de razão e emoção.
Emoção essa que garante a dose de paixão que precisamos desenvolver para exercer a profissão motivados pelos desafios que não são poucos: tecnologia, tributação, legislação, metodologias complexas, responsabilidades múltiplas, prazos, obrigações acessórias, regulações específicas, mercado, câmbio, documentos, licenciamentos. Não é uma profissão para qualquer pessoa, requer mais do que conhecimento, tem que amar.
Ao comemorar nossa data máxima, quero convidá-los a fazer um resgate histórico. Não da história da Contabilidade, que consta nos livros e artigos acadêmicos, mas da história pessoal de cada um e da sua relação com a Contabilidade. Que sonhos te moveram até aqui? Você novamente escolheria a Contabilidade como profissão?
Constituiu uma família? Casou-se com um(a) Contador(a), colega de faculdade ou de profissão? Seguiu a profissão dos pais e herdou o empreendimento contábil da família? Quantas amizades a Contabilidade lhe rendeu? 
O mundo contábil está recheado de histórias de encontros, reencontros, amizades, romances, desistências, retomadas, fracassos e muitos cases de sucesso. Costumo fazer uma reflexão: "Nós não escolhemos a Contabilidade, ela é que nos escolhe". Nós só temos que decidir o caminho a seguir diante das múltiplas possibilidades de segmentos de atuação proporcionados pela Ciência Contábil.
Seja você empresário(a), executivo(a), auditor(a), perito(a), autônomo(a), acadêmico(a), consultor(a), controller, coach, analista, auxiliar, responsável técnico, conselheiro(a), pesquisador(a) ou estudante, essa data é nossa. Ostente o orgulho de pertencer a uma das profissões que mais contribui para o crescimento e desenvolvimento do País.
É pelo trabalho dos milhares de Contadores e Técnicos em Contabilidade do nosso País, para ser mais exata, 522.229 profissionais e 63.891 empresas, que os cofres públicos arrecadam os tributos que deveriam ser, corretamente, direcionados para o atendimento das nossas necessidades básicas de saúde, segurança e educação, prioritariamente. Mas, tem um problema nessa equação. Trabalhamos tecnicamente na mensuração dos valores, porém não somos chamados para decidir como aplicar os recursos, pois enquanto estamos ocupados tentando decifrar mais uma instrução normativa, lei, decreto ou resolução, não estamos nos preparando para ocupar espaços políticos no Legislativo ou no Executivo.
Neste ano, tão importante para a retomada do crescimento no nosso País e para a reafirmação dos valores de democracia e cidadania, precisamos estar atentos para as propostas políticas que estejam alinhadas às causas da transparência, do controle social e que levem em consideração a melhor gestão dos recursos públicos e o uso das ferramentas de controle, que a Ciência Contábil pode proporcionar a todo e qualquer gestor bem-intencionado.
Espero que os profissionais contábeis continuem fazendo a sua parte, atuando com eficiência, ética e profissionalismo, reafirmando, a cada dia, o orgulho de ter escolhido a Contabilidade como profissão.
Parabéns profissionais de Contabilidade do Rio Grande do Sul e do Brasil. Sintam-se todos homenageados pelo nosso CRCRS.
Contadora, presidente do CRCRS 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia