Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 05/04/2018. Alterada em 04/04 às 21h16min

Frases e personagens

"Acredito na democracia e na competência do Judiciário em relação ao julgamento do pedido de habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O Judiciário tem competência para julgar o que é correto e, numa sociedade democrática, espero que a decisão seja respeitada." Octávio de Lazari Júnior, presidente do Bradesco.
"Independentemente do que acontecer com o ex-presidente Lula, o que precisa ser feito está dado. Já sabemos que temos de trabalhar a reforma da Previdência. E que as eleições sejam a consagração da democracia no Brasil." Também Octávio de Lazari Júnior.
"Com o apoio da equipe da Secretaria da Fazenda, fizemos o possível, sob a coordenação do governador Sartori, para recolocar as finanças estaduais no melhor equilíbrio. Mas ainda há um longo caminho a ser percorrido." Giovani Feltes (PMDB), secretário da Fazenda.
"Eu não cometi crime algum. Eu não estou acima da lei, mas só quero que eles mostrem uma prova de algum crime que eu cometi." Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ex-presidente, antes do julgamento do STF.
"Eu quero que eles parem de mentir sobre a minha pessoa. E se eu cometi algum crime, vocês (apoiadores) saberão me julgar melhor do que eles." Também Lula da Silva.
"Asseguro à nação que o Exército Brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais". General Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército.
"O general Villas Bôas tem preocupação com preceitos constitucionais. E valoriza nossas bases, que são os anseios do povo, o legado em termos de valores para as gerações futuras. A mensagem é que a população pode ficar tranquila, pois as instituições estão aqui. Não é uma mensagem de uso da força. É o contrário." General Joaquim Silva, ministro interino da Defesa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia