Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de julho de 2017. Atualizado às 22h03.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Notícia da edição impressa de 27/07/2017. Alterada em 26/07 às 15h13min

Repertório de câmara

Grupo Lux Sonora realiza concerto que resgata o repertório de câmara dos séculos XIV a XVIII

Grupo Lux Sonora realiza concerto que resgata o repertório de câmara dos séculos XIV a XVIII


FÁBIO REBELO/DIVULGAÇÃO/JC
O projeto Ecarta Musical traz hoje, às 19h30min, o grupo Lux Sonora para um concerto que pretende resgatar o repertório de câmara dos séculos XIV a XVIII. Na apresentação, que ocorre na Fundação Ecarta (João Pessoa, 943), haverá canções de Purcel, Dowland, Vivaldi, Telemann, Bach e Albinoni, com arranjos e adaptações elaboradas pelos membros do grupo, que é formado por Danielle Chaves e Bruno Santos na flauta doce, Elizander Dutra no fagote, Luciano Gularte Corrêa e Rafael Marques na flauta transversa e a soprano Gabriela Pairet. 
O projeto Ecarta Musical, instituído em 2005, busca valorizar os músicos e a produção musical do Rio Grande do Sul. Em 2011, a Ecarta estendeu o projeto também ao interior do Estado. Além de show, o projeto promove palestra, debate, curso, entre outras atividades na área da música. Os shows têm entrada franca. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia