Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de junho de 2017. Atualizado às 23h32.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

Acontece

Notícia da edição impressa de 14/06/2017. Alterada em 13/06 às 22h25min

Mulher-Maravilha mantém o fôlego nas bilheterias

Mulher-maravilha há duas semanas é lider de bilheteria

Mulher-maravilha há duas semanas é lider de bilheteria


CLAY ENOS/DIVULGAÇÃO/JC
O poder das bilheterias ainda é todo dela, pelo menos nos Estados Unidos. Pela segunda semana seguida, Mulher-Maravilha liderou nos cinemas, deixando para trás a estreante A múmia, com Tom Cruise no elenco.
Apenas 10 dias após sua estreia, Mulher-Maravilha já fez mais de US$ 205 milhões. É a maior bilheteria de um filme dirigido por uma mulher (a norte-americana Patty Jenkins) no país. Superou 50 tons de cinza, de Sam Taylor-Johnson (com US$ 85,1 milhões).
A múmia conseguiu apenas US$ 32,2 milhões. Na nova versão, lançada 85 anos depois do terror homônimo estrelado por Boris Karloff, Cruise tenta salvar o mundo de uma rainha do Egito que ressuscita.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia