Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de dezembro de 2016. Atualizado às 20h35.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

cinema

Notícia da edição impressa de 16/12/2016. Alterada em 15/12 às 17h14min

Neruda clandestino

Luis Gnecco protagoniza filme sobre o escritor

Luis Gnecco protagoniza filme sobre o escritor


IMOVISION/DIVULGAÇÃO/JC
Escolhido para representar o Chile na disputa pelo Oscar de melhor longa estrangeiro e já anunciado como finalista do Globo de Ouro, Neruda tem direção de Pablo Larraín. O filme destaca um policial em busca do poeta homônimo.
O longa se passa no Chile, em 1948. Quando a chamada Lei Maldita do governo de Gabriel González Videla proíbe o comunismo, o mais célebre poeta do país vai para a clandestinidade. Um ambicioso inspetor da polícia começa a persegui-lo incansavelmente - visando também os holofotes.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia