Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 04 de setembro de 2016. Atualizado às 19h00.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

Música

Notícia da edição impressa de 05/09/2016. Alterada em 02/09 às 17h06min

Jovens alunos da escola de música da Ospa se apresentam no Theatro São Pedro

Alunos da Escola de Música da Ospa se apresentam no Theatro São Pedro em concerto que abre espaço para peças contemporâneas, além das tradicionais

Alunos da Escola de Música da Ospa se apresentam no Theatro São Pedro em concerto que abre espaço para peças contemporâneas, além das tradicionais


ANA EIDAM/DIVULGAÇÃO/JC
Amanhã, às 20h30min, o Theatro São Pedro, palco já tradicional da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), recebe um grupo especial. Quem irá se apresentar no local é a Ospa Jovem do Conservatório Pablo Komlós/Escola de Música, formada pelos alunos avançados da instituição, com regência de Arthur Barbosa.
Obras de destaque do repertório erudito tradicional, além de peças contemporâneas, compõem o programa da noite. Weslei Felix Ajarda, aluno de contrabaixo que foi o vencedor das duas seleções internas de estudantes do conservatório, é o solista da noite. A entrada é gratuita mediante retirada prévia de senhas na bilheteria do teatro.
A ideia de desafiar os jovens músicos da escola a executar composições em formato original, não adaptadas - ou seja, com o mesmo nível de dificuldade que os músicos profissionais da Ospa enfrentam ao vivo -, foi colocada em prática pela primeira vez em concerto no ano passado. Na ocasião, o público lotou o Salão de Atos da Ufrgs.
Depois desse sucesso, os concertos da Ospa Jovem entraram na agenda da temporada 2016 da fundação em série especial. A apresentação de terça-feira também exibirá os novos instrumentos obtidos através do Prêmio Funarte de Apoio a Orquestras - a Ospa Jovem foi a vencedora do certame no ano passado.
O grupo é regido pelo maestro Barbosa e tem como diretor artístico Evandro Matté. Formada principalmente por alunos da escola, a orquestra é parte essencial da formação musical oferecida pela instituição. É nela que os alunos têm contato com o repertório orquestral, fundamental para a sua profissionalização na área da música de concerto.
O repertório da noite começa com Marcha Militar, de Franz Schubert (1797-1828). Na sequência, três trechos da suíte da ópera Carmen, a mais famosa ópera de Georges Bizet (1838-1875), serão apreciadas: o prelúdio do Ato I, Habanera, e Los toreadores.
Depois, o solista Weslei Felix Ajarda, estudante de contrabaixo, sobe ao palco para apresentar Concertino para contrabaixo de Ernst Mahle. O quarto movimento da Sinfonia nº 5 de Ludwig van Beethoven (1770-1827), obra emblemática da música sinfônica, é a peça seguinte. Após, vem mais uma obra de Bizet, Farandole de LArlésienne, e Danzón nº 2, do mexicano Arturo Márquez, encerra o programa.
Fundado em 3 de março de 1972, o Conservatório Pablo Komlós, cujo atual diretor é Diego Grendene de Souza, é referência de qualidade no ensino musical no Rio Grande do Sul. A escola é gratuita e tem como público-alvo crianças e jovens de 8 a 25 anos. Trata-se da única instituição de ensino voltada para a formação de músicos de orquestra no Estado, oferecendo a estudantes a oportunidade de profissionalização na área.
Já a Ospa, por sua vez, tem nova apresentação agendada para o próximo dia 13, dentro da série Concertos Ufrgs. Os músicos farão concerto no Salão de Atos, às 20h30min, tendo como solista convidada a russa Anna Serova. Neste caso, os ingressos custam R$ 20,00, à venda na bilheteria do local a partir das 11h do dia do espetáculo. Mais informações pelo site www.ospa.org.br. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia