Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 04 de setembro de 2016. Atualizado às 17h08.

Jornal do Comércio

Expointer 2016

COMENTAR | CORRIGIR

A feira

04/09/2016 - 17h02min. Alterada em 04/09 às 17h09min

Expointer soma R$ 1,92 bilhão em negócios, alta de 12,6% frente a 2015

Entidades e governo fazem balanço dos resultados da Expointer, que teve alta de 12,6% em vendas

Entidades e governo fazem balanço da feira apontando alta de 12,6% em vendas


Claiton Dornelles/Especial/JC
A Expointer 2016 movimentou R$ 1,923 bilhão em vendas, segundo o balanço das entidades que compõem os setores e a Secretaria Estadual da Agricultura feito na tarde deste domingo (4) no Parque Assis Brasil, no encerramento da feira. O número é 12,7% superior ao resultado de 2015.
O público deve ficar bem abaixo dos de 2015. A estimativa é de que, até a noite deste domingo, alcance-se 355 mil pessoas nos nove dias de feira. No ano passado, foram 545.891 visitantes. O fator chuva pesou para um fluxo que deve registrar queda de 35%. Se confirmados os números, será o menor público em cinco anos (desde 2012).
O setor de máquinas, maior cifra no evento, mostrou recuperação frente ao saldo da edição do ano passado, saindo de R$ 1,69 bilhão para R$ 1,9 bilhão, aumento de 12,4%. Nos animais, por outro lado, houve recuo de 24,5%. Os números ficaram em R$ 11,7 milhões, frente aos R$ 15,5 milhões de 2015.
Na venda de produtos de consumo, o fechamento foi feito até as 12h e mostrou receita de R$ 2,33 milhões na agricultura familiar (alta de 6%), e R$ 942 mil no artesanato (1,9% acima de 2015), mas estes dados ainda devem mudar. Quatro bancos que informaram a movimentação de contratos indicam montante de R$ 1,2 bilhão.
O fluxo de visitantes deu uma aquecida na tarde deste domingo, com a trégua da chuva. O governador José Ivo Sartori, que foi ao balanço, destacou a geração de 5 mil empregos diretos temporários com a feira. Também disse que os resultados ajudam a elevar a auto-estima dos gaúchos. 

Os números finais da feira:

Visitantes:

  • 2016: 355 mil (previsão de fechar até o domingo)
  • 2015: 545.891 

Comercialização:

Total: R$ 1,923 bilhão. Em 2015, foi R$ 1,708 bilhão
  • Máquinas: R$ 1,909 bilhão
  • Animais: R$ 11,7 milhões
  • Agricultura familiar: R$ 2,033 milhões (*)
  • Artesanato: R$ 942 mil (*)
(*) Até as 12h deste domingo
Bancos: total de R$ 1,193 bilhão (bancos que divulgaram os números)
  • Banco do Brasil: R$ 610 milhões
  • Banrisul: R$ 266 milhões
  • BRDE: R$ 190 milhões
  • Sicredi: R$ 127,07 milhões
Fonte: Secretaria da Agricultura 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia