Porto Alegre, terça-feira, 06 de abril de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 06 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Prefeitura de Porto Alegre

30/03/2021 - 11h44min. Alterada em 06/04 às 15h06min

Obras do DMAE terão investimentos superiores a R$ 110 milhões no primeiro semestre

Prefeitura apresentou plano durante a manhã desta terça-feira (30)

Prefeitura apresentou plano durante a manhã desta terça-feira (30)


Divulgação/JC
Rariane Costa
O prefeito Sebastião Melo (MDB) e o diretor-geral do DMAE, Alexandre Garcia, apresentaram na manhã desta terça-feira (30) o pacote de obras do Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE) para o primeiro semestre de 2021. O cronograma conta com investimentos que ultrapassam os R$ 110 milhões com recursos próprios e externos para projetos já contratados e R$ 41,8 milhões em obras que iniciam ou já iniciaram neste primeiro semestre.
Colocado como principal obra na cidade durante a apresentação do pacote, o Sistema de Abastecimento da Ponta do Arado tem investimento total estimado de R$ 250 milhões. Trata-se de um conjunto de sete obras que visa diminuir o déficit de abastecimento da zona Sul, Extremo Sul e Lomba do Pinheiro.
O prefeito Sebastião Melo destacou que as obras previstas para a Ponta do Arado podem ser hoje uma das maiores do Brasil e relembrou os problemas de abastecimento na zona sul da Capital. “Hoje temos graves problemas na Lomba do Pinheiro. Vocês trouxeram soluções que trazem um alento, mas é uma região muito mal tratada com água”, disse.
Ao todo, são 14 obras apresentadas no pacote, sendo 10 de água com dois reservatórios, quatro adutoras e quatro substituições de rede, além de quatro obras de esgoto com quatro extensões de rede de esgoto sanitário.
“Essas obras influenciam na vida da cidade e das pessoas enquanto são executadas, mas ao final trazem grande melhoria. Estamos tratando de água e esgoto, de dignidade e saúde para a população”, destacou o diretor geral do DMAE.
Entre a lista de obras que devem ser entregues ainda no primeiro semestre estão a Adutora Cristiano Kraemer, Adutora 18 de Novembro, Adutora Ouro Preto, as Redes no Sistema de Esgoto Sanitário da Ponta da Cadeia e a Rede de Esgoto Sanitário do 4º Distrito.
Melo pontuou a necessidade de troca das redes de esgoto da cidade, previstas no pacote de obras apresentado. “É evidente que tem uma carência enorme de troca de redes. Ainda se gasta um dinheirão para tratar água e a água vai perdendo”, afirmou.
O plano do DMAE prevê a troca de tubulações das décadas de 1960 e 1970 por novos equipamentos de polietileno de alta densidade, material que diminuiria questões que exigem reparos na tubulação.
O Reservatório da Vila dos Sargentos, a Adutora de Sucção EBAT Sarandi, o Quadrilátero Central, obras no Bairro Farrapos e na Rua dos Açores além da Substituição e Extensão da Rede de Água no perímetro urbano estão entre as novas obras previstas.
O prefeito cobrou durante a apresentação soluções para a drenagem urbana da cidade e propôs a criação de um comitê gestor de racionamento de água. Melo elogiou as medidas apresentadas no pacote e afirmou que a Capital recebe um excelente investimento em infraestrutura. "Cidade boa para se viver é aquela que cada vez mais tem investimentos que o cidadão não enxerga”, disse.
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2021