Porto Alegre, terça-feira, 06 de abril de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 06 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

HABITAÇÃO

Notícia da edição impressa de 22/03/2021. Alterada em 06/04 às 15h00min

Bairro-cidade em Gravataí deve ter até 25 mil moradores

Condomínio de 350 hectares, que fica às margens da freeway, receberá R$ 64 milhões em investimentos

Condomínio de 350 hectares, que fica às margens da freeway, receberá R$ 64 milhões em investimentos


/Smart Imagens/DIVULGAÇÃO/CIDADES
Um empreendimento com o conceito de bairro-cidade começa a receber os primeiros moradores em Gravataí. O Prado los Álamos já está pronto para construir e morar. E no Prado Ciudadela, localizado no espaço multiuso e com perfil mais comercial, já foram iniciadas as obras para seu desenvolvimento urbano. Os investimentos na infraestrutura das duas áreas somam R$ 64 milhões.
O bairro cidade fica na freeway, junto ao trevo de acesso à fábrica da GM. Quando todas as fases do Prado Bairro-Cidade estiverem concluídas, serão 25 mil pessoas em seis mil unidades habitacionais convivendo numa área de 350 hectares com bairros multiuso e privados.
Desde o ano passado, com a chegada da pandemia ao Rio Grande do Sul, cresceu exponencialmente a busca por casas amplas, com espaços ao ar livre e proximidade com o verde. As residências passaram a ter escritórios entre seus ambientes a partir da ampla adoção do trabalho remoto. O conceito foi integrado ao empreendimento para atrair os compradores.
O Prado los Álamos conta com 272 lotes, que partem de 600 metros quadrados. Desse total, restam menos de 50 lotes a serem vendidos. O bairro residencial já recebeu seus primeiros moradores, que agora experimentam na prática o conceito, segundo o qual as pessoas moram, trabalham e divertem-se em um único local, sempre prezando a qualidade de vida.
O Prado los Álamos está pronto para que os proprietários comecem suas obras. A perspectiva é de que outras 12 residências, que já estão sendo construídas, sejam finalizadas ainda este ano. Além disso, já foi aprovado o início de outras 30. E, segundo previsões dos executivos que lideram o empreendimento, mais 40 devem ficar prontas até 2022. Já o Prado Ciudadela está recebendo R$ 12 milhões em obras de infraestrutura.
Um dos destaques é o Colégio Sinodal, que já está com 70% das obras finalizadas e prevê mais de 300 alunos matriculados no ano letivo que inicia em fevereiro de 2022. A escola será voltada a estudantes com idades a partir dos quatro meses até o final do Ensino Médio. Localizado dentro do empreendimento, terá capacidade inicial para 800 alunos em uma primeira fase e, depois, irá ampliar para 1.500, sendo dedicado tanto para moradores como para o público em geral.
Segundo Carlos Gerdau Johannpeter, um dos sócios do empreendimento, o conceito de "novo urbanismo" faz do Prado um lugar único. "A qualidade de vida que os primeiros moradores encontram junto a essa infraestrutura representa o estilo de vida desejado pelas famílias modernas. Significa a vida começando a tomar forma no Prado, após um período de muita preparação e cuidado com os detalhes", afirma.
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2021