Porto Alegre, domingo, 10 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
domingo, 10 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 10/10/2021 às 19h07min.

Republicanos estão 'brincando com catástrofe', diz secretária do Tesouro dos EUA

Yellen apontou que poderia haver um quadro de recessão da economia

Yellen apontou que poderia haver um quadro de recessão da economia


Al Drago/POOL/AFP/HC
A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, voltou a alertar para os riscos de default da dívida do governo dos EUA caso o Senado não eleve o teto. Em entrevista ao programa This Week, da emissora ABC, ela disse que o senador líder da minoria Mitch McConnell e os republicanos estão brincando com a "catástrofe" por causa do embate para aumentar o teto.
A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, voltou a alertar para os riscos de default da dívida do governo dos EUA caso o Senado não eleve o teto. Em entrevista ao programa This Week, da emissora ABC, ela disse que o senador líder da minoria Mitch McConnell e os republicanos estão brincando com a "catástrofe" por causa do embate para aumentar o teto.
Na quinta-feira (7), o Senado chegou a um acordo para um aumento emergencial do teto da dívida em US$ 480 bilhões para pagar as contas do país até 3 de dezembro. No entanto, McConnell afirmou que não irá ajudar o Partido Democrata caso entre em outra "crise evitável".
"Depois que o Congresso e o governo decidem sobre os planos de gastos e impostos, é simplesmente responsabilidade deles pagar as contas resultantes disso", disse. "É uma tarefa doméstica. Porque, realmente, deveríamos estar debatendo a política fiscal do governo."
Questionada sobre o que poderia acontecer caso os republicanos não ajudem os democratas na próxima vez, Yellen apontou que poderia haver um quadro de recessão da economia. "Cinquenta milhões de norte-americanos não receberiam pagamentos de Seguro Social. Nossas tropas não saberão quando ou se seriam pagas. Os pagamentos de 30 milhões de famílias que recebem um crédito de imposto infantil estariam em risco", destacou.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO