Porto Alegre, quinta-feira, 15 de julho de 2021.
Dia Nacional dos Clubes.
Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Patrimônio

- Publicada em 08h48min, 15/07/2021. Atualizada em 12h52min, 15/07/2021.

Dois bombeiros estão desaparecidos após incêndio no prédio da SSP

O edificio foi tomado pelas chamas na noite desta quarta-feira

O edificio foi tomado pelas chamas na noite desta quarta-feira


Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini/Divulgação/JC
Diego Nuñez
Atualizada às 10h
Atualizada às 10h
Dois bombeiros militares estão desaparecidos após ação de combate ao incêndio que atingiu a sede administrativa da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP) na noite desta quarta-feira (14). O edifício também sediava a parte administrativa de outros órgãos, como o Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) e o Instituto Geral de Perícias (IGP). Segundo a reportagem do Jornal do Comércio apurou no local, há risco de desabamento do prédio.
Com a luz do dia, a força de segurança retomou as buscas pelos dois agentes que continuavam desaparecidos até as 9h50 da manhã desta quinta. As informações iniciais eram de que não havia feridos, uma vez que o edifício havia sido completamente evacuado antes da dispersão do fogo. No entanto, durante a madrugada, tendo passado a etapa de rescaldo, verificou-se o desaparecimento de dois bombeiros.
O vice-prefeito de Porto Alegre, Ricardo Gomes, está no local. “A situação já é de um incêndio controlado, nos informou o comandante estavam, e o foco é a busca dos dois soldados desaparecidos”, disse Gomes. 
Gomes informou que a Guarda Municipal da Capital está sendo colocada à disposição para atuar no que for preciso. “A ponta da operação de segurança da Capital continua funcionando, mas aqui havia muito da estrutura administrativa que obviamente precisará ser recuperado”, disse o vice-prefeito.
O governador do Estado, Eduardo Leite (PSDB), chegou por volta das 9h ao prédio da SSP. Será realizada uma reunião com os órgãos de segurança no novo prédio do IGP e, após, haverá entrevista coletiva. 
Enquanto isso, o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior (sem partido, expressa, em nome do governo e de todos os servidores desta pasta, "o mais profundo lamento pelo incêndio ocorrido".
"Estamos trabalhando para restabelecer o atendimento telefônico a partir do Departamento de Informática do 9° Batalhão de Polícia Militar da capita. Todas as nossas polícias seguirão nas ruas 24 horas, mantendo toda a atividade operacional regular em todo o Estado", afirmou o vice-governador.
Em nota, a Associação dos Oficiais da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros Militar "lamenta profundamente o incêndio ocorrido nesta madrugada". "Estamos acompanhando o resultado da perícia que está apurando as causas do acidente. Colocamos nossa estrutura à disposição e aguardamos, atentamente, as buscas para a confirmação das vítimas, dois bombeiros do CBMRS", concluiu a nota da associação. 
A Brigada Militar informa que o Departamento de Comando e Controle Integrado da SSP, responsável pela gestão de atendimento aos telefones de emergência das vinculadas (BM, PC, IGP, CBM e DETRAN) e despachos de viaturas, foi mobilizado em caráter provisório para as dependências do 9º Batalhão de Polícia Militar e o atendimento ao 190 está restabelecido.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário