Isadora Jacoby

O Quintal da Carne se propõe a ser um marketplace de carnes em Porto Alegre

Casal abre espaço que une fast food de churrasco, boutique de carnes e clube de assinatura

Isadora Jacoby

O Quintal da Carne se propõe a ser um marketplace de carnes em Porto Alegre

Quando começou a pandemia, o primeiro movimento do casal Gabriela Cademartori, 27 anos, e Lourenço  Paiva, 39, foi passar em uma casa de carnes e garantir o churrasco para o período incerto que iniciava. A partir daí, os dois perceberam uma brecha no mercado dos amantes de carne e decidiram apostar na experiência do consumidor para empreender juntos. Assim, em abril, abriram as portas do Quintal da Carne no bairro Moinhos de Vento em Porto Alegre. Definido por eles como um marketplace de carnes, o espaço reúne uma boutique de cortes premium, fastfood de churrasco, sequência do assador e um clube de assinaturas. 

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Quando começou a pandemia, o primeiro movimento do casal Gabriela Cademartori, 27 anos, e Lourenço  Paiva, 39, foi passar em uma casa de carnes e garantir o churrasco para o período incerto que iniciava. A partir daí, os dois perceberam uma brecha no mercado dos amantes de carne e decidiram apostar na experiência do consumidor para empreender juntos. Assim, em abril, abriram as portas do Quintal da Carne no bairro Moinhos de Vento em Porto Alegre. Definido por eles como um marketplace de carnes, o espaço reúne uma boutique de cortes premium, fastfood de churrasco, sequência do assador e um clube de assinaturas. 
Assim que surgiu o insight, a dupla pretendia viajar para o Texas para se inspirar em negócios do segmento por lá. Com as fronteiras fechadas por razões sanitárias, eles escolheram outro destino para entender melhor a proposta do negócio. "Pegamos o carro e fomos para São Paulo, e tivemos mais certeza que o negócio era muito inovador", diz Gabriela, contando que a ideia surgiu a partir da percepção deles enquanto consumidores deste nicho. "Achávamos muito frio o consumo de carne. Eu ia na casa de carnes, comprava uma peça e ia embora. Não tinha como consumir lá, onde ter mais informações, sendo que é assim que se fideliza o cliente. Como consumidores, queríamos mudar a maneira de ver a carne congelada. Não somos um açougue, abrimos uma boutique e não manipulamos os cortes lá. Tudo vem pronto, congelado e embalado à vácuo", explica a empreendedora. 
A boutique de carnes tem 25 tipos de corte de 13 frigoríficos do Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Uruguai. Além da loja, o espaço tem uma operação de fastfood de churrasco, com autoatendimento e proposta de ser mais acessível. "No momento que vivemos, não queremos ficar conversando com o garçom. Queremos comer uma carne de qualidade, no menor tempo e valor possível. Então, tentamos fazer isso no fastfood de churrasco. O cliente entra, ele mesmo faz o pedido, pega a bebida na geladeira, como se estivesse em casa. É algo totalmente intimista e de confiança", garante Gabriela. Os preços dos combos, com bebida e sobremesa, partem de R$ 39,44. 
Apesar de apostarem nesse formato, os empreendedores perceberam que existia uma demanda de clientes que preferem operações mais tradicionais. Por isso, o Quintal da Carne abriga, ainda, um local onde é servida a sequência do assador, que custa R$ 119,00 por pessoa. A ideia desse serviço é ser sazonal e oferecer sempre diferentes cortes e preparos de carne. "No terceiro andar, criamos um espaço mais enxuto, com garçom, onde é servida a sequência do assador. Toda semana queremos oxigenar e ir inovando o paladar", afirma Gabriela. As duas modalidades funcionam no horário de almoço e a loja opera de segunda-feira a sábado das 10h às 20h.
QUINTALDACARNE/DIVULGAÇÃO/JC
O Quintal da Carne tem, ainda, um clube de assinaturas, que é contratado pelo site (quintaldacarne.com.br) e tem pacotes mensais que partem de R$ 219,44, com 2kg, até R$ 1.444,44, com 15kg de carne. "O intuito é, em 12 meses, receber 24 cortes diferentes com uma dica de preparo, porque queremos abrir a mente das pessoas para o consumo da carne, para saírem daquilo que elas sempre comem e experimentarem coisas tão boas quanto", destaca a empreendedora. Um dos benefícios do clube é poder utilizar o espaço das operações de gastronomia sem custo de sublocação para eventos privados, pagando apenas pelo consumo. "Acreditamos nessas junções menores que acontecem à noite, num lugar arejado, que não precisa se preocupar com a limpeza. Ao invés de ir em um restaurante com 50 pessoas e ter aquela falsa sensação de que está seguro por estar só com duas pessoas, tu vais estar com pessoas do teu círculo. É um espaço muito intimista e aconchegante", pontua. 
Com tantas frentes diferentes, Gabriela conta que o desafio dos primeiros meses tem sido, justamente, transmitir para o consumidor todas essas possibilidades. "A maior dificuldade é explicar para o consumidor final que não somos só uma loja, só um restaurante ou só um clube de assinatura, e sim somos um marketplace de carnes", destaca a sócia, revelando que o investimento no espaço foi de R$ 1,2 milhão.
O Quintal da Carne (@somosquintal) fica na rua Tobias da Silva, n° 44, no bairro Moinhos de Vento.
Isadora Jacoby

Isadora Jacoby - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Isadora Jacoby

Isadora Jacoby - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário