Porto Alegre, segunda-feira, 26 de abril de 2021.
Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão.
Porto Alegre,
segunda-feira, 26 de abril de 2021.

Galeria de imagens

Praias do Nordeste são tomadas por toneladas de lixo hospitalar

O lixo nas praias sempre foi um alerta para população, mas, em meio à pandemia do coronavírus, a presença de lixo hospitalar em praias do litoral nordestino brasileiro acendeu sinal de alerta máximo. No Rio Grande do Norte, uma das praias mais famosas como a Barra do Cunhaú, em Canguaretama, amanheceu no último fim de semana com 1,5 tonelada de lixo. Entre os sapatos, roupas, mochilas e documentos, apareceram tubos de coleta de sangue e seringas usadas. Ainda não se sabe a origem do material. Em nota oficial, o Idema (Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente) informou que ainda não há informações oficiais sobre a origem do lixo hospitalar, apenas que foi possível identificar no material nomes de municípios de Pernambuco e Alagoas. Em 2019, o Nordeste enfrentou um derramamento de óleo que segue até hoje sem resposta por parte do poder público.
 

FOTO Tribo Bahia Ambiental/ Divulgação/ JC