Porto Alegre, segunda-feira, 11 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 11 de janeiro de 2021.

Galeria de imagens

Porto Alegre 38ºC: a busca pela sombra para suportar o calorão no Centro

Com os relógios de rua de volta, um dos equipamentos registrava 38ºC por volta das 12h desta segunda-feira (11). “Mas vai chegar a 40ºC daqui a pouco”, avisa a feirante Camila Sanchez, que trabalha na banca instalada no Terminal Parobé, coração do Centro Histórico, bem ao lado do relógio. As frutas ficam sob a tenda, à espera de clientes que se encorajem a parar e comprar. Camila passa o período do dia de maior incidência do sol movendo as caixas de um lado para outro. “Vou onde vai a sombra”, conta, lembrando que, por volta das 9h, o painel sinalizou 30ºC. “Já estávamos esperando o calor de agora (12h130min). Depois das 13h, começa a reduzir a temperatura”, acredita ela. O efeito de tanto sol é apurar o amadurecimento de uvas, abacates, maçãs e mangas. “Tem de vender tudo hoje. No final da tarde, quando começa a baixar o sol, a gente vende tudo”, garante. Também nas imediações, usuários de ônibus precisam literalmente se aglomerar para dividir a sombra escassa sob a parada. Enquanto isso, o relógio ruma aos 40ºC.
 

FOTO PATRÍCIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
11/01/2021 - 13h37min