Porto Alegre, terça-feira, 20 de outubro de 2020.
Dia do Poeta. Dia do Arquivista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 20 de outubro de 2020.

Galeria de imagens

Ex-ministro de Evo Morales, Luis Arce é novo presidente da Bolívia

Depois da polêmica sobre as eleições bolivianas no final do ano passado, a Bolívia, enfim, possui um novo presidente. Luis Arce (centro), integrante do Movimento ao Socialismo (MAS), foi ministro de Economia e Finanças do governo Evo Morales. Representante da esquerda na disputa que envolveu o ex-presidente Carlos Mesa, Arce pôde celebrar a vitória após o reconhecimento do seu oponente, do secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, e da presidente-interina do País, Jeanine Áñez. Arce tem 57 anos e ingressou na política em 2006. Antes, atuou durante 18 anos em cargos técnicos no Banco Central. Os indígenas, que somam parcela significativa da sociedade boliviana (41%), foram fundamentais na vitória de Arce. A Bolívia é o país com maior proporção de indígenas da América Latina.
 

FOTO RONALDO SCHEMIDT/AFP/JC
20/10/2020 - 12h32min