Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Galeria de imagens

Rio Grande do Sul tem mais de 900 espécies de borboletas, segundo Ufrgs

Um projeto do Laboratório de Ecologia de Insetos da Ufrgs revela que existem mais de 900 espécies de borboletas no Rio Grande do Sul. A diversidade supera a identificação feita na América do Norte, que tem registro de menos de 800 espécies, Europa, com cerca de 500, e a Austrália, que tem 400, aponta Helena Piccoli Romanowski, responsável pela coordenação do projeto da Ufrgs. O catálogo com banco de dados e informações acerca das borboletas que habitam a natureza gaúcha existe desde 1993. São mais de 20 anos armazenando tudo sobre as espécies. Segundo os estudos feitos pelo laboratório, as mudanças climáticas afetam a fenologia (relação com o ambiente e impactos de clima e outros fatores) das borboletas que habitam biomas úmidos. A primeira borboleta armazenada pelo projeto é de 1947. Hoje, são mais de 15 mil exemplares abrigados pelo laboratório.
 

FOTO Gustavo Diehl - Secom/UFRGS/JC
16/10/2020 - 12h32min