Porto Alegre, sexta-feira, 28 de junho de 2019.
Dia do Ministério Público Estadual.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Árbitro de vídeo reforça protagonismo em jogo do Brasil e Paraguai

A cena do árbitro gesticulando os braços para formar um retângulo em referência à tela de TV, e depois a corridinha até a cabine do VAR, video assistant referee ou árbitro assistente de vídeo (foto), está tão popular na Copa América quanto os melhores lances em campo. A Conmebol registrou 17 intervenções em 18 jogos (até dia 25), mudando 15 decisões. O VAR mostrou protagonismo no jogo do Brasil contra o Paraguai. O juiz chileno Roberto Tobar apelou ao recurso em diversas oportunidades, e o que chamou mais a atenção foi o tempo que as consultas tomaram. A TV Globo somou sete minutos só no segundo tempo e cobrou de Tobar mais acréscimos que os sete minutos aplicados. O Brasil vem sofrendo com a atuação precisa do VAR. Contra a Venezuela, dois gols da Seleção foram anulados depois das olhadinhas do árbitro na cabine azul. O jeito é torcer que o "VAR nos proteja" e não atrapalhe tanto na campanha pelo título.         
 

FOTO JUAN MABROMATA/AFP/JC
28/06/2019 - 20h13min