Porto Alegre, quarta-feira, 15 de maio de 2019.
Dia do Assistente Social.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Grupo protesta contra exploração de carvão mineral no Rio Grande do Sul

O aproveitamento do carvão como recurso energético é uma questão polêmica no Estado. Na terça-feira (14), durante seminário promovido pela Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (Sergs), manifestantes se reuniram logo na abertura do evento para protestar contra a exploração do carvão no Rio Grande do Sul. Com cartazes que diziam "atenção, população: carvão aqui não! É poluição!" e vestidos de "morte", o grupo marcou posição contrária a especialistas da área carbonífera que estudam opções de ampliação do projeto carboquímico e que a gaúcha Copelmi e a norte-americana Air Products pretendem desenvolver na região do Baixo Jacuí. A hipótese que está sendo analisada é de uma planta gaseificadora de 4,5 milhões de metros cúbicos de gás, com investimento de US$ 2,6 bilhões e demanda de 7 milhões de toneladas anuais de carvão. 
 

FOTO LUIZA PRADO/JC
15/05/2019 - 11h56min