Porto Alegre, quarta-feira, 16 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Após derrota do Brexit no Parlamento britânico, May vence moção de desconfiança

Em apenas dois dias, a vida da primeira-ministra britânica, Theresa May, registrou significativos altos e baixos. Nesta terça-feira (15), mais de 50 dias após a conclusão do Acordo de Saída que estabelece as condições para o Reino Unido deixar a União Europeia, o Parlamento britânico rejeitou o Brexit proposto por May. Dos 600 parlamentares, 423 deputados reprovaram a medida e apenas 202 aprovaram. A decisão tornava o futuro da ministra incerto, também porque o acordo não obteve os votos também de partidos que tradicionalmente ficavam ao seu lado. Um dia depois, no entanto, ela conseguiu a vitória em votação uma moção de censura ao governo (foto) apresentada pelo Partido Trabalhista, por 325 votos a 306. Após o resultado favorável, a premiê convidou líderes de partidos no Parlamento a se reunirem com ela.
 

FOTO Jessica Taylor/AFP/JC