Porto Alegre, sábado, 05 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Taiwan pede ajuda internacional após ameaças da China

A presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen (centro), fez uma coletiva de imprensa nestes sábado (5), na qual pediu ajuda internacional para defender a democracia e o estilo de vida da ilha autônoma, após novas ameaças feitas pela China. O pedido vem depois de afirmações do líder da ditadura chinesa,XiJinping, de que Pequim se reserva o direito de usar a força para assumir o controle deTaiwan, mas se empenhará em conseguir uma reunificaçãopacífica com a ilha. "Não prometemos renunciar ao uso da força e nos reservamos a opção de usar todas as medidas necessárias" para conquistar este objetivo e impedir a independência deTaiwan, disse ele. Taiwan é o assunto mais sensível para a China, que reivindica a ilha como seu território. Xi Jinping aumentou a pressão sobre a nação desde que Tsai, que é do pró-independência Partido Progressista Democrático, assumiu o poder em 2016.
 

FOTO SAM YEH/AFP/JC